Apple teria vendido 29 milhões de iPhones X até o fim de 2017, prevê Canalys

O iPhone X está entre nós, e com ele um novo design numa carcaça de vidro e aço inoxidável, o polêmico recorte superior, um novo sistema biométrico, uma linda tela OLED, componentes de última geração e… é claro, um preço para lá de assustador.

Fica a dúvida, portanto, de como ele está se saindo comercialmente. Pois, de acordo com a firma de análise de dados Canalys, a Apple teria vendido 29 milhões de iPhones X no quarto trimestre de 2017 — isto é, em pouco menos de dois meses apenas, já que ele chegou às lojas no dia 3 de novembro. Desse total, 7 milhões teriam sido na China — o que o ajudou a obter o título de smartphone mais vendido desse período.

iPhone X vendas 2017

O número pode não ser o sonho de alguns analistas de Wall Street, até porque o X divide hoje espaço com os também recém-lançados (e mais acessíveis) iPhones 8 e 8 Plus, mas não deixa de ser impressionante, principalmente em se tratando de um smartphone de US$999 (ou mais).

Além disso, suas vendas também não foram as mais rápidas para um iPhone, possivelmente pelos problemas que enfrentou com estoque bem baixo no início de novembro, seu próprio preço e a “competição” com os outros aparelhos novos da empresa — sem falar em toda a concorrência para a Apple, em si, que também está mais forte do que nunca.

Outra boa notícia foi o fato de os outros aparelhos da Maçã, como os iPhones SE, 7 e 8, terem continuado a vender bem durante esse período, o que mostra o quão acertada foi a estratégia de aumentar a linha:

A Apple está passando pelo seu melhor desempenho até o momento, tudo graças às mudanças maciças que fez em seu portfólio no terceiro trimestre. Essa estratégia diminuiu o risco à medida que atualizou o iPhone, tanto no design quanto na experiência do usuário. Enquanto as novas tecnologias, como o Face ID e as telas infinitas, ajudam a justificar o preço de US$999 e a manter a competitividade com a Samsung, a Huawei e a Google, ter um portfólio maior permite que a Apple atinja seus objetivos globais de remessa e proteja sua liderança de mercado no segmento premium.

TuanAnh Nguyen, analista da Canalys.

Os números, como sempre, não são oficiais, mas é possível ter uma boa ideia de como os aparelhos se saíram durante o último trimestre de 2017. Quanto ao número total de vendas de iPhones, saberemos como a Apple se saiu quando ela divulgar seus próximos resultados financeiros, em 1º de fevereiro.

via 9to5Mac

Posts relacionados

Comentários