Crescimento de novas vagas na Apple sugere um foco grande em design para o futuro

A Thinknum, uma firma de análise empresarial, fica de olho nos sites de empresas a fim de conseguir informações para investidores. E uma recente atividade bastante peculiar no da Apple levou a empresa a constatar que algo grande pode estar se aproximando…

De acordo com sua publicação, nos últimos meses a Apple aumentou drasticamente a contratação de designers, com novas vagas sendo abertas crescente e constantemente desde outubro.

Vagas para designers abertas na Apple - Thinknum

A contratação de designers em si não é nada muito diferente; a Maçã vive fazendo isso, é claro. Entretanto, o que chamou a atenção foram os números dos últimos meses. O gráfico acima mostra que ela atingiu um pico de 70 novas vagas em 12 de janeiro, um aumento realmente incomum se olharmos a média de meados de 2016, que chegou a 40 vagas. Entre abril de 2016 e outubro de 2017, o número de novos empregos para o mesmo cargo atingiu um pico de 49 e 22 — o último sendo em agosto do ano passado.

Esse número levou a firma a constatar que, muito possivelmente, “a Apple está trazendo pessoas para suas equipes de design a fim de projetar algo novo, ou pelo menos expandir o que eles já estão fazendo”. Olhando atentamente, eles viram que uma grande parte desse número está sendo alocada no Apple Park, o que é bem plausível.

Entre outros cargos cuja taxa de crescimento é grande, também estão cientistas de movimento, gerentes de produtos, engenheiros ópticos, arquiteto digital de toque ASIC, engenheiro de sistemas de iPhone, engenheiros para a Siri, gerentes de produtos para iPhone, engenheiros de ferramentas plásticas e engenheiros de protótipo iOS — e isso tudo, podem acreditar, somente do dia 24/1 para o dia 25/1 (sim, um período de 24 horas)!

É claro que não se pode assumir nada ainda ou achar que o foco da empresa agora é isso ou aquilo. Entretanto, é certo que a Apple está contratado muita gente criativa para os produtos que veremos no futuro — se são relacionados ou não ao iPhone, só o tempo dirá.

via AppleInsider

Posts relacionados

Comentários