História conturbada da filha de Steve Jobs será contada por ela mesma em livro de memórias

Quem se interessa pelo menos um pouco mais a fundo pela Apple sabe que a empresa, ao longo dos anos, não se destacou na mídia apenas por seus ótimos produtos e serviços. Quando ela ainda era comandada por Steve Jobs, a Maçã se viu envolvida em diversas polêmicas.

Um dos assuntos delicados envolvendo Jobs era sua relação conturbada com Lisa Brennan-Jobs, que por muito tempo o CEO da Apple negou ser sua filha com Chrisann Brennan. Depois de a paternidade ser comprovada, ele continuou negando, mas pagava uma “merreca” de pensão, mesmo sendo já um multimilionário.

Ainda que a relação entre os dois tivesse sido turbulenta, Jobs admitiu depois de alguns anos que o computador Lisa teria recebido esse nome em homenagem à filha, como ele mesmo contou a Walter Isaacson em sua biografia oficial.

Essa história e tantas outras podem ser encontradas em diversas biografias e também nos filmes e documentários sobre o falecido cofundador e ex-CEO da Apple — principalmente no filme de Aaron Sorkin, “Steve Jobs”. Mas parece que logo ficaremos sabendo dos detalhes dessa relação pai-e-filha por uma ótica muito mais aproximada: o Chicago Tribune publicou que Lisa assinou um contrato de livro com a editora Grove Press.

Lisa Brennan-Jobs, 2005
Lisa Brennan-Jobs, em 2005

A história da filha de Jobs, que hoje tem 39 anos de idade, será contada por ela mesma num livro de memórias. Provavelmente, o livro não será completamente sobre o CEO da Maçã, mas pela natureza da relação dos dois, certamente ele terá uma grande participação nele e, o melhor, saberemos de perto como toda essa história de paternidade rejeitada afetou a, até então, pequena Lisa.

De acordo com a Grove Press, o livro contará “a história ‘pungente’ sobre crescer em mundos diferentes e de contendas com um pai famoso e imprevisível”. O lançamento do livro está marcado para 4 de setembro deste ano.

Mesmo que não seja uma história focada em Steve Jobs, estou muito curiosa sobre o que ela vai escrever dos “bastidores” de tudo o que temos ouvido sido contado apenas por terceiros… que venha esse novo livro!

via Cult of Mac

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários