Designer imagina edição comemorativa do Apple Studio Display com tela curva sem bordas e corpo de metal

Desde a doída morte do Thunderbolt Display, a Apple deixou (ao menos até segunda ordem) o segmento de monitores, preferindo transferir a responsabilidade para a parceira LG e dar o seu aval a uma alternativa feita pelos sul-coreanos. Isso não apaga, entretanto, a história de quase duas décadas da Maçã com seus célebres painéis — história essa que começou nos idos de 1998, com o reluzente Apple Studio Display, lançado no dia 17 de março daquele ano (ou seja, há exatos 20 anos e 2 dias).

Para celebrarmos o aniversário dessa importante data e deleitarmo-nos com o futuro em que a Apple (presumivelmente) voltará a fazer monitores de última geração com visuais impressionantes, o designer Martin Hajek compartilhou recentemente com o iDropNews o conceito de um possível 20th Anniversary Studio Display.

Vejam só, que belezinha:

Na imaginação de Hajek, teríamos aqui um painel OLED curvo de 27 polegadas — sim, telas OLED tão grandes são caríssimas, mas a ideia seria ver a Apple fazendo algo de ponta e de última geração sem preocupar-se com o custo. A espessura do monitor seria tão pequena ou até menor que a dos iPhones mais recentes, e a peça readotaria o icônico design com três pés trazido pelo Studio Display há 20 anos.

Ao contrário da peça de 1998, com seu policarbonato brilhante, teríamos aqui um corpo totalmente de metal extremamente polido, dando o mesmo ar reluzente de 20 anos atrás mas com um outro tipo de material — apenas o vidro da tela quase sem bordas interromperia as linhas curvas e sutis do monitor, na imaginação de Hajek. A tela também seria sensível ao toque, e uma atualização no macOS daria ao sistema uma cara mais amigável aos dedos, de acordo com o designer.

Se tudo isso parece bem impressionante, espere para ouvir a ideia de Hajek acerca da conectividade do painel: em sua ideia, o 20th Anniversary Studio Display teria apenas um cabo de força, conectando-se com o computador exclusivamente por meio de tecnologias proprietárias sem fio — ainda assim, entradas Thunderbolt e HDMI estariam inclusas para maior compatibilidade. Claro que a parte boa de ser um designer sem compromisso com a realidade é que você pode simplesmente colocar todas as ideias delirantes que vierem à sua cabeça no papel sem pensar nos desafios técnicos da coisa toda, mas quem sabe a Apple não se inspira?

Além do monitor, Hajek imaginou também um novo Magic Keyboard totalmente sensível ao toque, com layout variável e Touch Bar para acompanhá-lo:

Conceito de um possível 20th Anniversary Studio Display

Realmente incrível… em todos os sentidos.

via iClarified

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários