Desenvolvedores e empresas podem agora criar apps para iPhones e iPads integrados ao IBM Watson

Desde 2014, Apple e IBM têm um acordo que visa transformar a mobilidade empresarial, ou seja, a forma como diversas empresas de muitas indústrias/segmentos podem trabalhar com seus dispositivos móveis. Como? Investindo em aplicativos que solucionam problemas e permitem resolver tudo sem a necessidade de você estar dentro do escritório, usando um computador.

Já são mais de 100 aplicativos criados com esse intuito e, de quebra, a IBM abriu alguns espaços físicos espalhados pelo mundo para clientes criarem mais apps. Hoje, um novo passo foi dado pelas empresas.

Agora, é possível integrar o IBM Watson ao Core ML (machine learning, ou aprendizado de máquina), permitindo que apps para iOS tenham acesso ao sistema de programação cognitiva da IBM rodando diretamente em iPhones e iPads.

O Watson é hoje um sistema poderosíssimo. São diversas APIs1 disponíveis as quais permitem que você crie seus próprios programas/sistemas/aplicações cognitivas (que englobam entender emoções, interpretar textos e imagens, dar respostas em chatbots, ouvir sons e assim por diante).

IBM Watson no iPhone

Integrando apps ao Watson, podemos marcar e classificar imagens (cenas, objetos, rostos, cores, alimentos e vários outros tipos de conteúdo), personalizar modelos (você pode criar e treinar classificadores de imagem personalizados usando as suas próprias coleções de imagens para atender às necessidades de sua empresa) e treinar modelos com aprendizagem contínua (construa modelos com uma única linha de código que continuam aprendendo e melhorando ao longo do tempo).

Um exemplo claro de uso: técnicos de campo de uma determinada empresa poderiam apontar a câmera do iPhone para uma máquina e identificar a marca e o modelo para solicitar as peças que precisam ser reparadas (a empresa pode treinar um modelo para reconhecer todas as diferentes máquinas usando o recurso de reconhecimento de imagem do Watson).

Para tornar tudo mais fácil, a IBM também anunciou um console de nuvem para simplificar a conexão entre o processo de construção do modelo Watson e a inserção desse modelo no aplicativo que está sendo executado no dispositivo Apple.

Estamos vendo aqui o começo de uma relação que pode, sem dúvida, gerar muitos frutos para empresas, tornando apps empresariais cada vez mais inteligentes.

via TechCrunch

Posts relacionados

Comentários

3 comments

  1. [Off-Topic] Algum desenvolvedor de apps poderia me tirar uma dúvida? Existe no Swift alguma certificação parecida com a do Java? Estou entrando nesse mundo de programação mobile e gostaria de me certificar.

  2. O livro “A Origem” do Dan Brown, além de ser um ótimo romance policial, toca muito no assunto da I.A. Quem gosta, não pode deixar de ler.

  3. O Bradesco utiliza o sistema Watson da IBM para campos de auxílio ao funcionário, como se fosse um sistema de central de atendimento. O dising é idêntico a um app de iPhone no nosso sistema do banco. Espero que esse logo que seja transferido para um app de funcionários para o iPhone, já que os clientes também podem utilizar uma parte do Watson para atendimento no app do Bradesco conhecido como BIA (Bradesco Inteligência Artificial).
    https://uploads.disquscdn.com/images/ce3340f2d9d63c026134e8bb5654de4524508ef4a49c4b8318201d203f22d9f4.png

    PS: já cobrei o TI para atualizar o app para o iPhone X e nada somente uma resposta de que em breve.

Deixe uma resposta