Adobe anuncia a descontinuação do Muse, software para criação de sites

A Adobe anunciou ontem que seu software para criação de websites, o Muse, será descontinuado tanto para Macs quanto para PCs.

Lançado em 2011, o Muse auxiliava aqueles que queriam personalizar e editar seus sites sem que fosse necessário ter conhecimento de programação. Ainda que tenha servido de ajuda para muita gente, a empresa afirma que “as tendências na criação de sites” mudaram, então precisou mudar sua estratégia.

Quer dizer, é muito corriqueiro ver pessoas se aprimorando nas habilidades de código ou até plataformas disponibilizando ferramentas fáceis para edição e criação de websites responsivos, o que acaba tornando inútil pagar por softwares como o Muse.

Como parte dessa mudança, a companhia está aconselhando os usuários do Muse a utilizarem o Adobe XD, que não gera um código pronto para a web, mas é uma solução completa para os usuários projetarem, criarem protótipos e colaborarem com os envolvidos. Aqueles que apenas querem mostrar seus trabalhos criativos podem utilizar o Adobe Portfolio, que pode ser conectado ao Behance, enquanto aqueles que utilizariam apenas uma página da web para divulgar histórias de fotos, boletins informativos ou páginas de destino devem optar pelo Adobe Spark.

O Muse começa agora a ser descontinuado, porém o suporte técnico aos clientes da suíte Creative Cloud permanecerá ativo até 20 de maio de 2019. Após essa data, a Adobe encerrará oficial e completamente o desenvolvimento de novos recursos para o software. Para saber mais detalhes, confira a página de perguntas frequentes.

via MacRumors

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários