Silenciosamente, Apple começa a dar suporte a Progressive Web Apps no iOS 11.3

Ícone do WebKit

Desde o ano passado, já sabíamos que a Apple estava implementando no Safari a tecnologia “Progressive Web Apps” (PWAs), que basicamente são aplicativos web que se parecem com apps nativos.

A surpresa é que a Apple — silenciosamente — disponibilizou essa funcionalidade no iOS 11.3, lançado há poucos dias. Nem mesmo as notas de liberação mencionam a novidade, o que talvez signifique que a Maçã não queira os holofotes apontados para ela, já que é uma alternativa para desenvolvedores que não querem publicar seus aplicativos na App Store e consequentemente não tenham que pagar os 30% para a Maçã por cada transação feita na loja.

Ainda são poucos sites que suportam a tecnologia, sendo o Twitter um deles: depois de “instalar” o PWA, este abre sem a barra de endereços do navegador e funciona offline (de forma limitada, no momento, sem nem exibir os tweets que já haviam sido carregados). Para testar, basta que você esteja rodando o iOS 11.3 (ou superior), abrir o site do Twitter pelo Safari, tocar no ícone de compartilhar e então escolher o botão “Tela de Início”.

Confira uma rápida demonstração de como isso funciona:

Infelizmente, a lista das funcionalidades suportadas ainda é limitada (e bem inferior à do Android, que já oferece suporte a isso há séculos, diga-se de passagem). Além disso, apenas o Safari oferece o recurso; a Apple (ainda) não permite que outros navegadores ofereçam a opção de adicionar web app à Tela de Início do iOS.

Se quiser saber um pouco mais sobre a tecnologia, dê uma olhada nesse outro artigo nosso. E se você descobrir algum site legal suportando a tecnologia, compartilhe-o abaixo nos comentários. 😉

dica do Adriano Brandão

Posts relacionados

Comentários