Comissão Europeia está analisando a compra da Shazam pela Apple

Em meados de dezembro do ano passado, a Apple confirmou sua intenção de adquirir a Shazam Entertainment — embora não tenha divulgado detalhes sobre o acordo, incluindo a sua cifra (fontes estimam ter sido na casa dos US$400 milhões).

Publicidade

Alguns meses depois, naturalmente, ficamos sabendo que a Comissão Europeia deveria abrir uma investigação sobre a compra focada em leis antitruste — e ela acaba de oficializar isso.

“A forma como pessoas ouvem música mudou significativamente em anos recentes, com mais e mais europeus usando serviços de streaming de música”, disse a comissária Margrethe Vestager. “Nossa investigação busca ter certeza de que fãs da música continuarão aproveitando ofertas atrativas de streaming de música e não terão menos escolhas como resultado dessa proposta fusão.”

A investigação está marcada para ser encerrada dentro de 90 dias úteis, até 4 de setembro, então antes disso não teremos absoluta certeza de que o negócio irá mesmo para frente. Por outro lado, essa é uma medida de praxe em acordos do tipo e, quando empresas anunciam publicamente planos assim, normalmente elas têm um elevado nível de certeza de que não terão problemas pela frente.

Publicidade

O foco da Comissão Europeia também tem a ver, claro, com o fato de a Shazam ser uma empresa britânica.

via Reuters

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…