Apple Store na Flórida é processada por cliente que ficou ferida durante evacuação em 2016

Senta que lá vem história…

No dia 23 de agosto de 2016, a polícia da cidade de Kissimmee, na Flórida, foi acionada para atender um suposto tiroteio em um shopping da região, de acordo com testemunhas. Uma vez no local, a polícia constatou que não havia nenhum atirador, e nenhum indício de que tivesse ocorrido qualquer tiroteio. Na realidade, o alarde ocorreu após o estouro de seis balões como parte de um teste, durante um protocolo de segurança para a abertura de um novo restaurante no local.

De acordo com o shopping, um anúncio foi publicado pela empresa antes da simulação, alertando os usuários dos testes. O fato é que clientes que estavam na Apple Store do prédio se desesperaram após o alarme de emergência ser acionado, e o tumulto de pessoas acabou ferindo nove clientes que tentavam sair da loja, incluindo Leslie Ortiz, que agora move um processo contra a Maçã e a Apple Florida Mall por negligência, de acordo com o jornal Orlando Sentinel.

“A segurança da loja anunciou que era para todos os clientes seguirem as instruções, e primeiramente solicitou que todos se deitassem. Depois, outro comando pediu a todos que se levantassem e saíssem do prédio o quanto antes”, descreve o termo.

A ação judicial de Ortiz alega que a cliente, durante a tentativa de sair do local, ficou ferida após ser pisoteada por outras pessoas e que a Apple é culpada por não ter uma equipe adequada para essas situações, falhando em avisar os clientes. O processo pede um julgamento por júri e um valor em dinheiro que não foi especificado, mas supera a quantia de US$15 mil.

O fato se deu pouco mais de dois meses depois do massacre na boate Pulse, no mesmo estado americano, no qual 49 pessoas morreram e muitas ficaram feridas. Realmente, uma situação indescritível para muitas pessoas e que exige preparo exímio por diversas empresas para lidar situações como essas, que infelizmente ainda são recorrentes nos EUA.

via AppleInsider

Posts relacionados

Comentários