John Gruber afirma que rumor de apps multiplataforma (iOS e macOS) é algo planejado somente para 2019 [atualizado]

No final do ano passado, a Bloomberg lançou um rumor-bomba afirmando que a Apple estaria trabalhando num projeto interno chamado “Marzipan”, o qual consistiria em algum tipo de novo framework para desenvolvedores criarem apps que rodem tanto no iOS quanto no macOS. A grande expectativa era de que ouviríamos algo sobre isso nesta próxima Worldwide Developers Conference (WWDC), em junho.

Bom, temos boas e más notícias. A parte legal é que, citando fontes próprias, John Gruber confirmou ontem no Daring Fireball a existência de algum projeto desse tipo na Apple. A questão é o que podemos esperar dele e, principalmente, quando.

Indo diretamente ao ponto-chave da coisa, Gruber afirmou que esse rumor não é algo planejado para este ano, e sim para 2019 — provavelmente chegando no macOS 10.15 e no iOS 13. Ou seja, é bom já irmos ajustando as nossas expectativas quanto ao que será anunciado na WWDC18 e, sinceramente, algo me diz que essa informação não “chegou a ele” por acaso…

Adentrando na coisa em si, Gruber começa afirmando que o projeto na verdade *não* se chama “Marzipan”. Pessoas com quem ele tem contato envolvidas no desenvolvimento afirmam nunca nem ter ouvido esse codinome antes da reportagem da Bloomberg no ano passado; se ele realmente existiu, pode ter sido algo bem preliminar.

Além disso, as fontes de Gruber dão a entender tudo baseia-se numa espécie de API de controle declaratório — meio que uma forma de montar elementos da interface declarando-os (com seus atributos) de alguma forma similar, por exemplo, a como fazemos em HTML/CSS. A ideia seria universalizar esse processo, quebrando as grandes diferenças que existem hoje ao se construir apps para o iOS (com o UIKit) e para o macOS (com o AppKit).

Trocando em miúdos, todo o projeto está realmente de acordo com o que Tim Cook falou recentemente sobre a Apple não ter planos de mesclar o Mac com o iPad. Não se trata, nem de longe, de uma fusão dos dois sistemas; e sim, provavelmente, de algumas novidades que facilitarão o trabalho de desenvolvedores ao criar apps multiplataforma.

Fica a dúvida: o que será que vem de bom aí, afinal, na WWDC18?

Atualização 01/05/2018 às 15:05

Questionado sobre as novas informações, Mark Gurman — da Bloomberg, autor original do rumor — rebateu:

Parece que isso refere-se a um par de projetos separados (conhecidos alternativamente como “Amber”, “Infrared” e “Ultraviolet”) do time de Swift. Não é a mesma coisa que a iniciativa de apps de iOS em Macs. Há muitas peças soltas para um projeto de vários anos e passos como esse.

Essa iniciativa provavelmente pretende substituir arquivos NIB com Swift, conectados ao Interface Builder, o que poderia permitir que desenvolvedores declarem suas UIs à mão ou usando ferramentas visuais existentes, tal como o XAML no Windows.

Com isso, já pipocaram algumas reações por aí — que não vou traduzir, até porque há coisas bem técnicas que só interessam mesmo a desenvolvedores:

Em outras palavras, algo virá por aí mesmo. 😉

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários