Apple reduz o preço do cabo USB-C/Lightning de R$149 para R$119; mudanças vindo por aí?

Quando a Apple lançou o MacBook Pro dotado apenas de portas Thunderbolt 3 (mesmo formato da USB-C), teve que escutar muitas reclamações de clientes insatisfeitos com a falta de opções. Por isso, a empresa resolveu, por um período, reduzir os preços dos acessórios USB-C, a fim de ajudar nessa transição de padrões.

Essa redução ficou vigente até o dia 31 de março do ano passado. Agora, sem qualquer alarde, um desses acessórios voltou a ter o seu preço reduzido (e tudo que indica que se trata de uma decisão concreta, e não apenas um desconto por um período limitado). Falo do cabo de USB-C para Lightning.

Curiosamente, a queda do preço ocorreu apenas no cabo de 1 metro, que passou de R$149 para R$119 (nos Estados Unidos, foi de US$25 para US$19). O cabo de 2 metros continua custando os mesmos R$249 de antes (ou US$35 nos EUA).

Cabo de USB-C para Lightning, da Apple

Bastou isso para teorias começarem a pipocar por aí. E elas são muito bem fundamentadas, se você me perguntar. Isso porque o cabo de USB-A para Lightning (o mais tradicional da Maçã, que vem nas caixas de iPhones, iPads, iPods touch e diversos acessórios) custa os mesmos R$119. Mas a verdade é que a transição para o USB-C ganha mais força a cada dia (na linha atual de computadores da Apple, por exemplo, apenas os computadores “abandonados” pela Maçã não possuem tal porta: o MacBook Air, o Mac mini e o Mac Pro).

Paralelamente, há rumores de que veremos a Apple colocando um carregador de 18W, compatível com recarga rápida, na caixa de iPhones — e, quem sabe, de iPads. Se isso de fato acontecer, o tal carregador utilizará a tecnologia USB-C. Então, o cabo que hoje é vendido apenas como um simples acessório pela Apple passaria a vir acompanhando milhões e milhões de iPhones/iPads vendidos pelo mundo. Isso, é claro, sem falar em acessórios como Magic Mouse 2, Magic Trackpad 2, Magic Keyboard, AirPods e muitos outros, que também poderiam vir com o cabo USB-C.

Para colocar tal cabo dentro dessas caixas todas, a Apple provavelmente precisa aumentar — e muito! — a produção dele. E, quanto mais produtos assim você fabrica, mais barato eles ficam. O que nos leva a essa possível redução no preço de R$149 para R$119.

Faz sentido, não faz? Agora é esperar para ver — e torcer — para que tal transição, tanto do cabo quanto do carregador de iPhones/iPads, aconteça realmente em 2018. Já está na hora.

via 9to5Mac

Posts relacionados

Comentários