Apple rejeita o lançamento de app da Steam que faria streaming de jogos em iPhones/iPads

O anúncio da chegada do aplicativo Steam Link, que divulgamos há algumas semanas, soou como música para os ouvido dos gamers de plantão (por exemplo, eu). Porém, infelizmente, a Apple fez o favor de acabar com a nossa alegria. Como? Rejeitando o app e impedindo que ele seja lançado para iOS.

O Steam Link é um aplicativo que permitiria jogar diretamente de iPhones, iPads ou até Apple TVs os títulos que estivessem nos seus Macs/PCs, utilizando a tecnologia Steam In-Home Streaming… bem, não mais.

Na declaração oficial da Valve, empresa responsável pela Steam, ela afirmou que a Apple até chegou a aceitar o aplicativo, tanto que divulgaram o seu lançamento. Entretanto, a Maçã voltou atrás, alegando haver “conflitos comerciais com diretrizes de aplicativos que supostamente não foram percebidas pela equipe de revisão original”.

Abaixo, a declaração completa da Valve:

Na segunda-feira, 7 de maio, a Apple aprovou o aplicativo Steam Link para lançamento. Na quarta-feira, 9 de maio, a Valve divulgou o aplicativo. Na manhã seguinte, a Apple revogou a sua aprovação, citando conflitos comerciais com diretrizes de aplicativos que supostamente não haviam sido percebidas pela equipe de revisão original. A Valve recorreu, explicando que o aplicativo Steam Link simplesmente funciona como um desktop remoto baseado em LAN, parecido com vários aplicativos de desktop remoto já disponíveis na App Store. Por fim, esse recurso foi negado, deixando o aplicativo Steam Link para iOS bloqueado para lançamento. A equipe aqui passou muitas horas neste projeto e no processo de aprovação, então estamos claramente desapontados. Mas esperamos que a Apple reconsidere no futuro.

Apesar de não ter sido revelado exatamente o que teria impedido o app de ser lançado, a Reuters sugeriu que pudesse ter a ver com o fato de que a Apple quer “ficar com uma parte das compras digitais feitas dentro de jogos pelos seus dispositivos móveis”.

Isso porque, como sabemos, a Maçã não aceita que haja na App Store uma “loja dentro da loja”, a não ser que passe pela infraestrutura da Apple e pague os 30% cobrados por ela; e é exatamente isso que o app da Steam é (pelo menos no desktop), um lugar para comprar games e jogá-los.

A negação do app pode parecer algo bobo, porém Bob O’Donnell, chefe da TECHnalysis Research, disse que isso pode ser até prejudicial para a Apple, já que ela estaria “negando o acesso dos usuários de iPhones ao maior ecossistema de jogos que existe”. Ele ainda citou que prejudicaria sua relação com o público de 18 a 24 anos (a maioria usuária de iPhone — nos EUA, é claro).

Doug Lombardi, diretor de marketing da Valve, afirmou que já retiraram a opção de compra do app, mas sem revelar como a mudança foi feita.

A esperança é que apenas isso baste para que o app se molde aos padrões da Apple, para não ficarmos órfãos de Steam Link… já os usuários de Android, por enquanto, estão numa boa aproveitando a versão beta do app (leve invejinha, admito).

Um baita balde de água fria, amigos Steamzeiros

via CNET

Posts relacionados

Comentários