Será que vem aí um Mac com chip ARM, tela sensível ao toque e conectividade celular? [atualizado]

Guilherme Rambo está de volta com suas descobertas. Desta vez, porém, não estamos falando de nada que conheceremos a curto prazo e sim de um produto ainda em fase de protótipo — ou seja, que pode ou não ver a luz do dia num futuro não muito próximo.

Rumores dão conta de que a Apple fará uma nova transição na linha Mac, abandonando os chips da Intel e passando a utilizar os seus próprios. A expectativa é que isso aconteça em 2020 ou depois.

Pois Rambo trouxe agora uma informação que pode ter a ver com essa mudança da Apple: estamos falando de um novo dispositivo de codinome Star, com protótipos fabricados pela Pegatron (uma produção que teria começado em janeiro). Algumas unidades já foram inclusive enviadas para Cupertino, para testes.

Apesar de não termos muitas informações sobre ele, sabemos que é identificado pelo código N84, tem uma tela sensível a toques, uma bandeja para cartão SIM, GPS1, bússola, é resistente à água e roda uma interface de firmware extensível (extensible firmware interface, ou EFI). E aí é que fica interessante, pois EFI nada mais é do que o sistema de boot utilizado pelos Macs, o que dá a entender que Projeto Star, como é conhecido internamente, poderia ser o primeiro Mac dotado de chip ARM.

Rambo também comentou que, em 1981, a Xerox lançou uma estação de trabalho chamada “Xerox Star”. Esse foi o primeiro dispositivo comercial a ser considerado um computador, com uma tela bitmap, interface gráfica, um mouse e acesso a email. O codinome Star, então, poderia muito bem ter relação com esse antigo computador (este seria o primeiro computador de uma nova geração pensada pela Apple).

Obviamente, só o tempo dirá como será esse dispositivo.

via 9to5Mac

Atualização, Rafael Fischmann 26/05/2018 às 14:18

Segundo fontes do sempre bem-informado Mark Gurman, da Bloomberg, o código N84 na verdade refere-se ao aguardado iPhone de 6,1″ com tela LCD e design similar ao do X:

Ainda assim, há a possibilidade de o Projeto Star em si ser alguma outra coisa.

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários