ARM lança novo chip com ganhos de performance que deverão equipará-lo ao Apple A10, de 2016

A ARM apresentou ontem a sua mais nova CPU1, a Cortex-A76, que será utilizada como base para a arquitetura dos próximos chips Snapdragon (da Qualcomm), Exynos (da Samsung), Kirin (da Huawei) e outros tantos utilizados por smartphones com Android.

As principais promessas para esse chip são uma performance 35% superior e uma eficiência energética 40% maior, graças principalmente ao processo de fabricação de 7nm.

O AnandTech, então, resolveu já colocar os prováveis ganhos de performance do Cortex-A76 num gráfico do Geekbench incluindo alguns chips atuais e também os dois últimos da Apple, o A11 Bionic e o A10 Fusion. Veja só:

Benchmarks com o ARM Cortex-A76

Sim, meus amigos, a projeção é que o Cortex-A76 rodando a 3GHz equipare-se ao Apple A10, processador lançado em 2016 com os iPhones 7/7 Plus.

Detalhe: essa nova CPU da ARM só deverá ser adotada e implementada em smartphones de 2019. Enquanto isso, daqui a uns três meses deveremos ver o lançamento de novos iPhones com o chip A12 da Apple, ampliando ainda mais essa diferença.

Isso só comprova, mais uma vez, o que temos acompanhado nas últimas gerações de chips “A”. Ao menos nesse departamento, a Apple está pelo menos dois anos à frente de toda a indústria. E não dá sinais de desaceleração.

via 9to5Mac

Posts relacionados

Comentários