Tim Cook viaja à Irlanda para inaugurar a expansão do campus em Hollyhill

A Apple tem o seu pé fincado em Cork, na Irlanda, há mais de 35 anos, empregando mais de 6.000 pessoas. Apesar de um dos seus planos terem ido pelo ralo (a empresa cancelou a construção de um data center no país), outros estão se concretizando.

Há alguns dias, Tim Cook viajou para Amsterdã (Holanda) para se encontrar com o historiador Koen Kleijn e a fotógrafa Annet de Graaf — além de visitar o Lucky Kat Studios e a Apple Den Haag.

Como é maravilhoso conhecer nossos clientes e a equipe na bela Apple Den Haag. Obrigado, Holanda!

Depois da breve visita, o executivo seguiu para a Irlanda a fim de inaugurar uma expansão no campus da empresa em Hollyhill, conforme informou o Evening Echo. A ampliação do espaço físico é necessária pois a Apple praticamente dobrou de tamanho no país nos últimos cinco anos, com empregados de mais de 80 diferentes nacionalidades.

Desde 2012, a Apple investiu quase €220 milhões para desenvolver e melhorar o campus em Hollyhill; a expansão de agora adicionou um novo prédio que oferece espaço para cerca de 1.400 funcionários. Para termos uma ideia da importância da Apple por lá, ela é o maior empregador privado de Cork. Por outro lado, a cidade também é muito importante para a Maçã já que é lá que está a única fábrica da empresa, a qual fornece iMacs personalizados para clientes de toda a Europa, o Oriente Médio e a África.

Boa reunião com @tim_cook, da @Apple, esta noite em⁦ @merrionstreet. Ele seguirá para Cork a fim de expandir a instalação de lá.

Antes de ir para Cork, porém, o CEO da Apple encontrou com Leo Varadkar, chefe de governo da Irlanda, a fim de discutir a relação da empresa com o país.

O encontro foi descrito como “formal” por um porta-voz do governo — quem sabe ele serviu também para que as partes se alinhem em relação ao imbróglio envolvendo uma multa de €13 bilhões que a Maçã supostamente pagará relacionada a impostos retroativos. Tanto a Apple quanto o governo irlandês estão recorrendo da decisão da Comissão Europeia, então quem sabe o assunto também tenha sido discutido entre os líderes.

via Cult of Mac

Posts relacionados

Comentários