Um pequeno guia para entender e dominar o iCloud Drive

Dentre os diversos aspectos que compõem o monstro de várias cabeças chamado iCloud, provavelmente nenhum incita tantas dúvidas nos usuários quanto o iCloud Drive. Não dá pra tirar a culpa da Apple: o recurso, introduzido junto ao iOS 8/OS X Yosemite, já passou por várias fases e “caras” até chegar ao status atual — que, todos esperamos, é aquele que ficará por muito tempo.

Se ao usar o iCloud Drive você se enquadra no grupo representado por este cachorro, nada tema: nós estamos aqui para lhe ajudar. Vamos, a seguir, dar uma olhada nas principais características do serviço e também dar algumas dicas para aproveitar todos os seus recursos e ferramentas. Se aprocheguem!

O que é o iCloud Drive

Grosso modo, o iCloud Drive é o equivalente ao Google Drive ou ao Dropbox no ecossistema da Apple — ou seja, o lugar onde você pode efetivamente guardar seus arquivos, de qualquer formato que eles sejam. Atualmente, ele não existe mais em forma de um aplicativo próprio, coisa que acontecia até o iOS 10; do iOS 11 em diante, a “alma” do iCloud Drive vive no aplicativo Arquivos (Files) — ou, no caso do macOS, na pasta iCloud Drive, presente na barra lateral do Finder.

Além de guardar todos os arquivos que você jogar lá e salvar as versões de documentos produzidos na suíte iWork (Pages, Numbers e Keynote) e em outros aplicativos compatíveis com o serviço, o iCloud Drive conta com algumas cartas na manga extras, das quais trataremos nos próximos tópicos.

Como ativar

Caso o recurso ainda não esteja ativado, é muito fácil fazê-lo em cada um dos dispositivos conectados à sua conta do iCloud.

No iOS, basta acessar os Ajustes, tocar no seu nome no topo da tela, ir até iCloud e ligar a opção iCloud Drive. É bom notar que, caso você esteja no iOS 9 ou iOS 10, uma janela surgirá perguntando se você quer “Mostrar o recurso na Tela de Início”; ao aceitar essa opção, o app do iCloud Drive aparecerá por lá. A partir do iOS 11, essa opção não existe mais, já que o app foi substituído pelo Arquivos.


Ícone do app Arquivos

Arquivos

de Apple

Compatível com iPadsCompatível com iPhones
Versão 1.3.2 (546.8 KB)
Requer o iOS 11.0 ou superior

Grátis

Badge - Baixar na App Store

Código QR Código QR

Screenshot do app ArquivosScreenshot do app Arquivos

No macOS, por sua vez, basta ir em Preferências do Sistema » iCloud. Após iniciar a sessão com o seu ID Apple (caso você ainda não o tenha feito), basta marcar a opção iCloud Drive.

Armazenamento

É bom notar que o espaço de armazenamento disponível no seu iCloud Drive é aquele contratado para a sua conta do iCloud como um todo — ou seja, caso você tenha a versão gratuita da plataforma, são 5GB disponíveis para seus arquivos.

Você pode fazer o upgrade do armazenamento pelo iOS (Ajustes » [seu nome] » iCloud » Gerenciar Armazenamento » Mudar plano de armazenamento) ou pelo Mac (Preferências do Sistema » iCloud » Gerenciar… » Mudar plano de armazenamento…).

Os planos em si são os seguintes:

  • 5GB: grátis;
  • 50GB: R$2,90 por mês;
  • 200GB: R$8,90 por mês;
  • 2TB: R$29,90 por mês.

Considerando que esse espaço será dividido entre os seus arquivos e ainda fotos, mensagens, emails e possivelmente outras muitas coisas, é uma boa ideia fazer esse pequeno investimento caso você esteja planejando dar um uso um pouco acima do casual para o iCloud Drive.

Vale notar que, nos planos de 200GB e 2TB, você pode optar por compartilhar o espaço com seus familiares ativando o recurso Compartilhamento familiar.

https://macmagazine.uol.com.br/2018/05/18/entenda-como-configurar-e-usar-o-compartilhamento-familiar-do-icloud/

Documentos e Mesa

Das cartas na manga do iCloud Drive a que eu me referi alguns parágrafos acima, essa é a mais legal para os usuários de Macs: o recurso pode sincronizar todos os documentos que você mantém na Mesa (Desktop) e na pasta Documentos (Documents) da sua máquina. Desta forma, se você tem mais de um Mac, a sua tela inicial e o diretório principal de arquivos ficam sempre iguais e você pode retomar o trabalho de onde parou em qualquer computador; o mesmo vale para o iPhones/iPads, onde as pastas podem ser facilmente acessadas.

Para ativar as pastas Mesa e Documentos no iCloud, basta ir em Preferências do Sistema » iCloud e, ao lado de iCloud Drive, clicar em “Opções…”. Lá, basta selecionar a caixa “Pastas Mesa e Documentos” e clicar no botão “OK”.

Finder com a pasta Documentos aberta

As pastas, então, serão movidas para a seção “iCloud” na barra lateral do Finder, onde você poderá encontrá-las. Caso você ative o recurso em dois Macs diferentes, o recurso não combinará as pastas automaticamente — ele mostrará, por exemplo, “Mesa – iMac” e “Mesa – MacBook Pro” até que você combine os arquivos de ambas.

Para acessar a Mesa e a pasta Documentos num iPhone, iPad ou iPod touch, basta ir ao app Arquivos (ou iCloud Drive, no caso do iOS 9 ou 10) e localizar os diretórios. O mesmo vale para o iCloud.com, onde basta acessar o iCloud Drive para encontrá-las.

Economizando espaço no Mac

Por padrão, o iCloud Drive mantém todos os seus arquivos da Mesa, Documentos e afins salvos no HDD1/SSD2 do seu Mac (ou dos seus Macs, caso haja mais de um). Caso esse espaço da máquina esteja ficando cheio, entretanto, é possível ativar um recurso chamado “Otimizar o Armazenamento do Mac”.

O que ele faz é manter apenas arquivos mais recentes no Mac e deixar os mais antigos/menos utilizados na nuvem; ao clicar em um desses mais antigos, ele é baixado e aberto na mesma hora. Desta forma, você economiza preciosos megabytes/gigabytes.

Opção "Otimizar o Armazenamento do Mac"

Para ativar o recurso, basta ir em Preferências do Sistema » iCloud e, ao lado de iCloud Drive, clicar em “Opções…” e ativar a opção “Otimizar o Armazenamento do Mac”. Prontinho!

Usando o iCloud Drive no Windows

Sim, é possível ter um Mac e um PC e colocar os dois em sintonia com o iCloud Drive! A chave para isso está no iCloud para Windows, um utilitário surpreendentemente bem feito (tendo em vista a média de qualidade dos softwares da Apple para o mundo dos PCs) que permite ao usuário configurar o iCloud Drive e outros aspectos da plataforma, como fotos e email, diretamente numa máquina rodando o Windows 7 ou posterior.

Não tem mistério: basta baixar o aplicativo aqui, iniciar a sessão com o seu ID Apple e seguir as instruções, marcando quais recursos do iCloud você quer ativar no computador.

Boa parte das funções e instruções descritas acima, como a da Mesa e da pasta Documentos, funcionam no Windows, também — e se você abrir um documento do Pages, do Numbers ou do Keynote no Windows, abrir-se-á uma janela do seu navegador com a versão online do app em questão e o arquivo pronto para ser editado.

Recuperar arquivos apagados

Todo mundo já passou por aquela situação horrorosa de ter um arquivo acidentalmente apagado no momento em que ele mais seria necessário, certo? Felizmente, com o iCloud Drive, esse tipo de dor de cabeça está basicamente extinto — isso é, a não ser que você queira recuperar o arquivo em questão mais de um mês após ele ter sido apagado.

Isso porque o sistema conta com uma pasta “Apagados recentemente”, que guarda todos os arquivos excluídos nos últimos 30 dias; lá, você pode recuperá-los com um clique/toque. No caso do Mac, o recurso integra-se ao próprio Lixo do sistema, então basta abri-lo para localizar o arquivo desejado e arrastá-lo para a Mesa ou outra pasta.

Recuperando um arquivo no iOS pelo iCloud Drive

No iOS, basta abrir o app Arquivos, acessar a aba “Explorar” e tocar em “Apagados”. Depois, é só selecionar o(s) arquivo(s) e tocar em “Recuperar”. No iCloud.com, por fim, basta acessar o iCloud Drive, clicar em “Apagados recentemente” (no canto inferior direito) e escolher o arquivo que quiser salvar.

Compartilhar arquivos

Esse recurso, infelizmente, não é tão intuitivo como em serviços concorrentes. Mas, ainda assim, existe a opção de compartilhar um arquivo armazenado no iCloud Drive com outras pessoas.

Compartilhando um arquivo no iOS pelo iCloud Drive

No iOS, basta selecionar o arquivo (obrigatoriamente dentro da área do iCloud Drive no novo app Arquivos), tocar no ícone de compartilhamento e escolher a opção “Adicionar Pessoas”. A partir daí, você pode escolher como quer compartilhar o arquivo (copiando o link, por mensagem, por email, etc.).

No macOS as opções também são as mesmas, mas você consegue o feito clicando com o botão direto em cima do arquivo em questão e escolhendo a opção Compartilhar » Adicionar Pessoas; já no iCloud.com, escolha o arquivo, clique no ícone da silhueta com um sinal de mais e escolha se quer enviar o link por email ou apenas copiá-lo, definindo quem pode acessar o arquivo (se apenas convidados ou qualquer pessoa que tiver o link) e se essa(s) pessoa(s) pode(m) editar ou apenas visualizar tal arquivo.

·   •   ·

Curtiram as dicas? Se ainda houver questões a serem respondidas, façam todo o uso que quiserem da seção de comentários, logo abaixo. Até a próxima!

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

28 comments

  1. Sim, a proposta da Apple sempre foi o de manter tudo sincronizado, através da nuvem.
    E não manter os arquivos apenas na nuvem.
    É assim desde o iDisk antes do dropbox até! 😉

  2. Aconteceu o mesmo comigo, pena que não consegui recuperar… Fora outros milhares de problemas com o trabalho que tive tbm. Hoje eu uso o One Drive, da MS, esta anos a frente do iCloud, como o Jobs falava: é mágico.

  3. Acho que é porque não havia o “mensagens no iCloud”.. Ou seja, as mensagens não eram sincronizadas entre os dispositivos.. Agora como temos essa opção, acho que é a partir do 11.4, pode ser que isso mude..

  4. Meus documentos não abrem pelo iCloud drive. Somente se estiver salvo no iPhone. Pela rede celular, fica carregando e nunca abre. Alguma sugestão?
    PS: todos os recursos estão ativados nos ajustes.

  5. Queria apenas organizar o “arquivos” por nome, tipo e pasta no topo (como no Finder)

    Alguém sabe se isso é possível no iOS?

  6. Também já tive problemas com o iCloud. Uso o iCloud Drive no Windows. Certo dia um dos arquivos que sempre utilizo sumiu e no diretório que ele estava apareceu um arquivo de extensão desconhecida nomeado com vários números. Com certeza foi um problema de sincronização. Liguei para o suporte da Apple e me orientaram a acessar o iCloud.com > ajustes > avançado > restaurar arquivos. Por sorte o arquivo estava lá e consegui recuperar. No iPhone tenho familiar que já teve problemas com fotos que não sincronizavam de jeito nenhum. Sempre exibia uma quantidade muito grande de fotos a enviar. A solução foi usar o google photos. Esse serviço precisa melhorar muito.

  7. Já teve outros Posts comparando cada serviço e tal, mas pra mim o que pega ainda é o valor da concorrência..
    iCloud 2TB R$ 29,90
    Dropbox 2TB U$$ 15,00 (+/- R$ 55,00)
    Google Drive 2TB R$ 69,90

    One drive até tenho 1TB pelo plano do Office e tal, mas não consigo gostar do App..

  8. Se tem uma coisa que eu odeio nessa vida, é o iCloud, tive experiências horriveis com ele, varios arquivos apagados, estresse, problemas no trabalho etc. Quando comecei a usar o One Drive da MS, eu comecei a ter outra perspectiva sobre nuvem, de longe o melhor sistema.

  9. Boa matéria, mas faltou uma coisa.
    No App Arquivos, aparecem Arquivos do ICloud Drive e sob google Drive. Já na aba do Finder aparece somente os do ICloud Drive.

  10. Infelizmente eu tive uma experiência muito desagradável com o iCloud Drive, o que case me causou um prejuízo irreparável. Fiz o pacote do iCloud Drive de 200GB e configurei o iMac, iPhone e iPad para que tudo fosse para o iCloud Drive. Infelizmente o iCloud fez com que meu Mac tivesse um comportamento muito estranho, o que deixou o acesso aos arquivos muito lento. Ele trabalha bem diferente do DropBox e Google Drive, não gostei. Para o meu bem resolvi cancelar o plano, e ai que começou o PESADELO. Meu iCoud estava entupido de arquivos, claro assinei os 200GB, ai o Mac começou a me atormentar insistentemente com avisos na tela, dizendo que eu nao tinha espaço para nada e teria que voltar a assinar o plano. Nem uma simples NOTA eu conseguia fazer no Mac ou no iPhone, fazia a Nota e o iCloud se recusava a sincronizar, e nada mais para trabalhar em paz. Então no Mac eu já tinha desabilitado o iCloud Drive, entrei no mesmo pelo iPhone e apaguei tudo o que tinha lá. Ai para minha SUPRESA, ao abrir o Mac o maldito iCloud Drive APAGOU TUDO, TUDO, TUDO o que eu tinha, meu Mac foi sem nenhum arquivo pessoal, trabalhos de clientes, tudo desapareceu. Volto a dizer, apaguei pelo iPhone, o Mac estava desabilitado do iCloud e mesmo assim apagou tudo. Entrei em contato com a Apple e reportei, me atenderam super bem, mas conferssaram que a ferramenta não era boa, estava funcionando de forma arcaica, mas que estava para atualizar e resolver os problemas de velocidade. Me proposto a tentar localizar os meus arquivos e os disponibilizar pra mim. Mas graças a Deus eu tenho um Time Capsulle que me salvou a vida (PENA QUE PARARAM DE FABRICAR). Sugeri que a Apple não apagasse os arquivos dos computadores das pessoas que apagassem os arquivos no iCloud, para que as pessoas decidissem em seu computadores se é para apagar ou não. Me disseram que iam passar esta sugestão e o relato do acontecido para a Apple dos EUA. Não sei se o fizeram, mas garanto que nunca mais vou confiar nesta ferramenta, nuvem é bom, mas nada como um HD na sua casa ou trabalho.

  11. Se tem um produto/serviço da Apple que não compreendo direito é esse iCloudDrive. Primeiramente, parabéns pelo excelente artigo. Como sempre os artigos de vocês esclarecem muitas dúvidas. Quanto ao não entendimento vou relatar um fato ocorrido comigo.

    Tive um problema com o whatsapp e o único recurso de backup do mesmo é pelo iCloud. Para tanto, tive que adquirir o plano de 50Gb oferecido pela Apple. Pois bem, foi aí que pioraram as minhas dúvidas. No plano gratuito eu tinha livre 1.5Gb e o backup do whatsapp correspondia a 4Gb, logo deveria ter livre após o backup no mínimo 45Gb. Porém, hoje tenho livre 33Gb e não faço a menor ideia do que foi copiado, pois nem na versão web, nem na versão macOS ou iOS me dizem tudo o que tem dentro desse iCloudDrive.

    Utilizando a opção Gerenciar do iCloud, mostra uma lista de itens salvos, em sua maioria dados de apps de terceiros, os quais nem sabia que estavam sendo salvos, mas a soma dos bits não bate. Vai entender.

    Depois desta ladainha toda, gostaria de saber se isso aconteceu com vocês. Caso sim, como fizeram para ver o que estava salvo e removê-los a posteriori?

    ——
    Aproveito a oportunidade para sugerir um assunto para um possível artigo onde abordasse o backup realizado pelo iPhone, iPad, etc. O bendito fica salvo no iCloudDrive, come um espaço gigantesco de armazenamento, mas não da para saber o que tem nesse backup. Já pesquisei na internet e nada foi esclarecedor como eu gostaria.

    Creio que a abordagem desse assunto ajudaria a muitas usuários do ecossistema Apple.

  12. Eu só queria que fosse simples igual o Gdrive por exemplo, jogar uma foto no Arquivos e abrir no PC através desse iCloud Drive e vice-versa, mas quase nunca dá certo (pra mim é sempre um mistério pois as vezes a foto vai e as vezes não)

  13. Não sei se tem a ver com o iCloud Drive, mas minha maior decepção é não sincronizar as mensagens com o Watch.. tem que apagar uma por uma lá.

  14. Tenho um plano pago do iCloud, uso mac/ipad/iphone, salvo fotos, documentos e outros arquivos no mesmo; se eu cancelar o plano, meus arquivos nele contidos continuaram localmente nos aparelhos ou sumirão?

  15. Já é um começo mas a Apple como anda fazendo com muitas coisas já abandonou o Drive, podia pegar muita coisa do Dropbox como versionamento de arquivos, poder compartilhar pastas de forma efetiva, restaurar arquivos, organizar as pastas de aplicativos em um local separado para não virar aquela salada, ter uma interface melhor são alguns pontos.

  16. Esperando um Post, explicando como entender o modo Tempo de Tela, e o novo Bateria. Já tenho entendido bastante, mas uma explicação objetiva seria interessante!

  17. Na boa, se for definir o iCloud Drive em uma palavra é LIXO… Eu sincronizo minhas pastas do meu mac nele e recentemente tive que deixa-lo na assistência, precisei baixar um projeto q estava nele e quem disse que é possível? Apenas arquivos únicos podem ser baixados, diretórios não… Agora me fala o porque de se fazer um serviço que não oferece nem o básico? #tncApple

  18. Tem uma coisa importante para se comentar é essa coisa dele “escolher” o que fica online e offline. Não é como o google drive ou o dropbox que ele sincroniza e daixa tudo online no seu mac, ele vai trazer quando vc utilizar e isso é meio chato com arquivos grandes. Eu tenho um Macbook Air com 128GB de HD e um iPad Pro com 256GB, queria que ele realmente sincronizasse tudo que tem no iCloud drive em ambos para que eu podesse acessar mais facilmente, mas não tem um jeito de fazer pastas offline ou “sempre sincronizadas”

  19. Uma detalhe é importante para quem deixa o iCloud Drive ativado: ele baixa o maior número de arquivos possíveis na sua máquina e te deixa sem espaço. Se você tem 250GB de SSD e 1TB na nuvem, ele vai tentar baixar tudo, até aparecer que está ficando sem espaço e aí te deixa com 5 ou 6GB. A sincronização não pode ser pausada, tanto se você arrastar pro ícone do iCloud Drive (enviar pra nuvem) quanto você arrastar pra Mesa (baixar da nuvem). É tudo ou nada! No High Sierra fizeram uma pequena melhoria no recurso, agora ele não transfere com tanta frequência como no SO anterior. Mesmo assim é impossível você cancelar essas transferências que podem ocorrer sozinhas, sem que você queira.

    Até cheguei a falar com o suporte da Apple para ter certeza se não era um bug, mas a Apple fez assim. O iCloud Drive é um sistema de sincronização, não de backup. Sincroniza tudo, mesmo quando você nao tem espaço

  20. Aconteceu exatamente a mesma coisa comigo agora agora. O drive estava me enchendo o saco pedindo mais espaço (mais que 200GB pra qqqq??!!!) dai resolvi voltar a deixar apenas o conteúdo do iPhone no drive e todo o resto no meu mac (como sempre foi). Desativei o iCloud drive e apareceu o aviso “Se você desativar o iCloud Drive, todos os documentos armazenados no iCloud serão removidos deste Mac.” dai eu selecionei a opção “Manter uma cópia” dai ele disse que os documentos seriam transferidos e copiados para uma pasta chamada iCloud Drive Arquivo na pasta pessoal do mac. Mas a bosta apagou tudo do msm jeito e não criou a pasta . Está tudo no drive e não tem como baixar pastas de uma vez. Como vou baixar tudo de novo? Mano, que inferno! 🙁

  21. Estou com um problema estranho no iCloud Drive.. Tenho no Mac e no iPhone.. Dia desses coloquei alguns arquivos PDF nele.. Apaguei depois de utilizar.. No Mac eles não aparecem mais, nem mesmo como ocultos.. Porém em itens excluído no iPhone eles aparecem.. Isso já faz 6 meses.. Mesmo quando seleciono e mando excluir definitivo eles somem, mas em seguida voltam.. Já tentei restaurar, para apagar novamente, mas isso não é possível.. Me parece algum “fantasma”! Já fui até nas configurações em ajustes, desativei, exclui arquivos, pelo próprio iCloud na web (onde os arquivos não aparecem) e nada.. Não sei se é algum bug do iOS..

Deixe uma resposta