Review: Thunderbolt Station 3 Plus, da CalDigit

Já faz um bom par de anos, a Apple foi “all-in” na conectividade USB-C/Thunderbolt 3 e, hoje em dia, todos os novos MacBooks [Pro] só contam com uma ou mais portas dessas. Aqui no meu caso, um MacBook Pro de 15 polegadas com Touch Bar de 2016, são quatro — duas de cada lado. Além delas, a única conectividade física que me resta é uma saída de 3,5mm para fones de ouvido (por enquanto).

Não vou entrar aqui de novo em toda essa polêmica acerca da decisão da Apple. O fato é que dificilmente o dono de uma máquina dessas consegue “viver” sem algum adaptador, dongle ou hub, seja para conectar algum periférico qualquer ou até para recarregar o iPhone/iPad — que, por enquanto, continuam vindo de fábrica apenas com um cabo Lightning para USB-A.

Após viver assim por um tempo, estou há algumas semanas testando um produto que basicamente substitui isso tudo de uma forma absurdamente prática, ao menos quando estou trabalhando na minha mesa principal. É o dock Thunderbolt Station 3 Plus, da CalDigit, do qual falamos originalmente em janeiro passado.

CalDigit TS3 Plus

Como a imagem acima mostra bem, não faltam portas nesse dock. Na frente temos um slot para cartão SD (UHS-II, nada mau), uma saída e uma entrada de áudio analógicas, uma USB-C e uma USB-A; na traseira, mais quatro portas USB-A, uma USB-C, duas Thunderbolt 3, uma S/PDIF (áudio digital), uma Gigabit Ethernet, uma DisplayPort 1.2 (nada de HDMI) e a entrada de alimentação. Se vocês contaram certinho, são 15 portas num só dock!

Todas as portas USB são versão 3.1 e provêm 7,5W de energia cada. Na traseira, uma das Thunderbolt 3 suporta até 85W e é a que conecta-se ao Mac (um cabo de 0,5m para isso já vem incluso na caixa), enquanto a outra provê 15W de potência — perfeito para recarga rápida de iPhones 8, 8 Plus e X, bem como para alimentar iPads.

Obviamente, para suportar isso tudo o TS3 Plus precisa ser também conectado à energia, e o seu adaptador de força (bivolt) não é nada pequeno — quase do tamanho do próprio dock. Por outro lado, você pode com ele “aposentar” o adaptador original do MacBook [Pro], pois é o dock que passa a alimentar o computador. Ou seja, com um único cabo Thunderbolt 3 você alimenta o seu Mac e abre esse leque incrível de conectividade.

Tudo isso é possível graças à interface Thunderbolt 3, que por acaso utiliza o mesmo conector do padrão USB-C. Ela conta com uma banda de até 40Gbit/s (5GB/s), suficiente para fazer rápidas transferências de dados e também para alimentar até dois monitores externos 4K a 60Hz cada (ou um 4K a 120Hz, ou um 5K a 60Hz).

O uso do TS3 Plus é bem simples e direto. Com ele conectado à energia e ao Mac, um pequeno LED azul acende-se na sua parte frontal e aí você já sabe que pode conectar o que quiser a todas as suas portas. Ou seja, eu agora ocupo apenas uma das quatro portas Thunderbolt 3 que meu MacBook Pro possui, e no dock estão conectados meu HDD externo, o iPhone, o iPad e as caixinhas de som da Logitech que estou testando. Isso no dia-a-dia, claro; quando preciso, é muito prático inserir um cartão de memória ali na frente, conectar um pendrive ou qualquer outra coisa do tipo.

Nos meus primeiros testes, notei que meus iGadgets não estavam recarregando muito rapidamente. Em contato com o suporte da CalDigit, fui orientado a baixar e instalar um pacote de drivers disponível nessa página, que não só aprimora a performance de recarga de iPhones/iPads, como também adiciona suporte ao Apple SuperDrive e ao Apple Keyboard. Achei meio esquisito ter que instalar isso, mas de fato resolveu o problema.

Não pretendo levar o TS3 Plus aonde quer que eu vá, não é essa a proposta de um produto desse. Instalei ele na minha mesa e, quando sento aqui, basta conectar um único cabo Thunderbolt 3 ao Mac para que ele seja alimentado e eu tenha acesso a todos os meus periféricos. Em viagens, ainda usarei o adaptador de energia original do MacBook Pro e, eventualmente, algum adaptador.

O dock em si não é dos mais belos, mas é superfuncional e cumpre absurdamente bem a sua promessa. Você pode posicioná-lo na mesa tanto na vertical quanto na horizontal, como preferir, bastando “instalar” uns pezinhos de silicone antiderrapante onde quiser. A proposta não é decorar a mesa, e sim ser um valioso utilitário para uso principalmente profissional.

O TS3 Plus está à venda na loja online da CalDigit e na Amazon.com, por US$300; também há uma versão que inclui um cabo Thunderbolt 3 com 2m de comprimento, um pouco mais cara. Eles despacham diretamente para o Brasil.

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários