Copa do Mundo ajudou lojas de aplicativos a baterem recordes de downloads e receita

Depois de a Sensor Tower trazer seus dados referentes às lojas de aplicativos no último trimestre, na última semana, agora é a vez da App Annie de fazer algo parecido — mas com uma ótica ligeiramente diferente.

De acordo com a firma de estatística, o segundo trimestre de 2018 viu recordes de receita e downloads sendo quebrados quando consideramos o total de atividade das duas principais lojas de aplicativos do mundo, a App Store e o Google Play. Foram 28,4 bilhões de downloads de apps no período (um crescimento de 15% em relação ao mesmo período do ano anterior) e uma receita inédita de US$18,5 bilhões.

Pesquisa da App Annie sobre lojas de apps, segundo trimestre de 2018

O Google Play, como era de se esperar, ultrapassou com folga a App Store no quesito downloads — sua marca foi 160% maior que a da loja da Maçã no último trimestre. Em termos de dinheiro gerado, como também já nos acostumamos, o contrário provou-se verdadeiro e a loja de aplicativos da Apple teve um desempenho 80% superior ao da rival.

Pesquisa da App Annie sobre lojas de apps, segundo trimestre de 2018

Os principais responsáveis por esse crescimento? Segundo a App Annie, a proliferação cada vez mais rápida de smartphones na Índia é um dos principais fatores para a expansão das lojas de apps, com o Google Play tendo uma clara vantagem aqui — afinal, o mercado indiano tem uma penetração muito maior do Android que do iOS.

Outro fator que ajudou as lojas a baterem recordes foi, surpreendentemente, a Copa do Mundo FIFA: em mercados já consolidados, como os EUA e a Europa, os downloads e as assinaturas de apps de esportes e streaming subiram vertiginosamente antes e durante o torneio de futebol. No Reino Unido, por exemplo, o uso de apps esportivos subiu 65% nas três primeiras semanas da Copa em relação às três semanas anteriores.

Pesquisa da App Annie sobre lojas de apps, segundo trimestre de 2018

Juntando as duas lojas, quatro aplicativos do Facebook ocupam as quatro primeiras posições do ranking de mais baixados do mundo — Messenger, Facebook, WhatsApp e Instagram, respectivamente. No campo dos jogos, por sua vez, o fenômeno de popularidade Helix Jump manteve a liderança.

Pesquisa da App Annie sobre lojas de apps, segundo trimestre de 2018

Em termos de gastos dos consumidores, o Netflix manteve-se na ponta da lista, enquanto o jogo Honour of Kings liderou essa categoria.

Será que esses rankings estarão iguais nos próximos meses? Aguardemos.

via TechCrunch

Posts relacionados

Comentários