Jurado do reality “Planet of the Apps” culpa a Apple pelo fracasso do programa

Para uma empreitada tão ambiciosa e bilionária, o início da jogada da Apple no ramo das séries originais começou com o pé esquerdo: o reality show “Planet of the Apps”, primeira produção original da empresa a estrear no Apple Music, passou absolutamente batido no mundo exterior ao ecossistema da Maçã ou aos veículos especializados na empresa — e, pior, a meia dúzia de gatos pingados que viu não teve lá muitas coisas positivas para dizer sobre a série.

Agora, as críticas sobre a condução da série estão surgindo de dentro — mais precisamente, do jurado Gary Vaynerchuk. Em um episódio recente do seu podcast, disponível no YouTube, o empresário (e personalidade da internet) foi deveras duro em relação ao reality show e à forma como a Apple fez o marketing da produção, culpando os executivos de Cupertino pelo fracasso do programa.

A conversa sobre a série começa aos 26’40”.

Segundo Vaynerchuk, as reuniões para discutir a série e a sua divulgação eram totalmente infrutíferas — o que fazia o empresário, autoproclamado um gênio do marketing, morder as próprias bochechas até sangrar.

Eu estava em um programa da Apple, “Planet of the Apps”, Gwyneth [Paltrow], Will[.i.am], Jessica Alba e eu. E a Apple não usou a mim ou a Vayner para fazer o marketing e fez tudo errado. A Apple! […] Eu tenho meu jeito, eu sou um cara fortão quando estou em casa — e essa é minha casa, toda vez que eu estou produzindo conteúdo, eu estou em casa. Mas quando eu estou na casa de outra pessoa, eu fui educado para mostrar respeito. Você se surpreenderia com a forma que eu me comportei nas reuniões de marketing da Apple. Minhas bochechas estavam sangrando muito em cada reunião, porque eu estava as mordendo, minha língua praticamente caiu da minha boca.

Vaynerchuk fez questão de frisar que seus colegas jurados eram todos muito bons e de nenhuma forma responsáveis pelo fracasso do programa, mas acrescentou que a Apple pecou em não dar mais destaque a Jimmy Iovine na produção.

A Apple não respondeu aos comentários do empresário e também não sabemos sobre o futuro de “Planet of the Apps” — ainda que, a essa altura, seja seguro afirmar que, no improbabilíssimo caso de uma segunda temporada, certamente não veremos Vaynerchuk nela.

via Cult of Mac

Posts relacionados

Comentários

12 comments

  1. A pobre Apple ainda acha que vai conseguir bater de frente com a Netflix e a Amazon no streaming com conteúdo original.
    Apple Music só é “sucesso” nos EUA com números de usuários inflados a base de 3 meses grátis, assim como o Tidal já denunciado por adulterar o número de assinantes.

  2. “Então fica em casa fortão, e faça seu trabalho”!! Quando há sucesso, o mérito é pessoal, quando algo dá errado, é problema “deles”! Tá bom.. pelo visto, o (Market Watch Leader) subiu a cabeça. O programa é interessante, mais.. menos cara, menos!

  3. Por conta desta matéria abri o iTunes, assisti 7 minutos, a serie é excelente e empolgante, mas em nenhum momento a Apple nos mostrou isso no Marketing. É muito estranho ver um erro em algo que geralmente eles mandam muito bem.

  4. Alguem me diz como uma serie com a mulher do homem de ferro + mulher invisível (quarteto fantástico) e o vocalista do black eyed peas deu errado!

  5. Marketing da série foi horrendo… mas sejamos sinceros, a premissa da série é muito chata, não atrai gente pra assistir.

  6. o marketing era ruim e a forma como a série era entregue era péssimo também. As vezes a apple liberava a legenda do episódio assim que ele ia ao ar, mas outras vezes ela demorava 2 episódios pra incluir as legendas em outros idiomas. A série era interessante para um nicho, mas nem assim a apple soube fazer uma divulgação maneira.

  7. Se tá anunciado em algum lugar, eu não vi.
    Você literalmente tem que pesquisar “Planet of the Apps” pra achar.

Deixe uma resposta