Apple lança programa de certificação acadêmica para habilidades em Swift

A linguagem de programação Swift já é um dos maiores acertos da Apple na sua longa (e um tanto quanto conturbada) história com software, com uma aceitação ampla por parte da comunidade de desenvolvedores ao redor do mundo e uma taxa de adoção bem rápida para apps dentro do seu ecossistema.

Com a iniciativa Todo Mundo Pode Programar (Everyone Can Code), a empreitada da Maçã foi ainda mais longe, levando o ensino da Swift a escolas, cursos e centros de aprendizagem no mundo inteiro. Agora, para aprofundar ainda mais essa faceta educativa da linguagem, a Apple está lançando um programa de certificação acadêmica para os alunos desses cursos.

Desenvolvido por engenheiros e educadores da Apple em parceria com a firma de certificados Certiport, o programa App Development with Swift (Desenvolvimento de App com Swift) está disponível para escolas secundárias e universidades do mundo inteiro dentro da iniciativa Todo Mundo Pode Programar. O primeiro curso de um ano será lançado no outono (do hemisfério norte) de 2018, e o certificado poderá ser usado pelos estudantes como uma forma de ingressar com mais facilidade em empresas que utilizem a Swift em seus softwares.

Ray Murray, vice-presidente de desenvolvimento de negócios da VUE, empresa-mãe da Certiport, falou sobre o anúncio:

Receber uma certificação App Development with Swift vai dar aos estudantes a confiança que eles precisam para avançar sua educação em linguagem de programação ou entrar em uma carreira no ramo. Conquistar um certificado endossado pela Apple mostra que eles têm um conhecimento sólido da linguagem e podem aplicá-lo hoje para criar aplicativos inovadores para o iOS. Nós esperamos que essa nova certificação ganhe uma adoção ampla dada a popularidade da linguagem Swift.

Esta página da Certiport dá mais detalhes sobre o programa para quem queira participar de cursos contemplados por ele ou até mesmo oferecer a certificação em suas próprias instituições. Bacana, não?

via AppleInsider

Posts relacionados

Comentários