Microsoft adia fim do suporte ao Skype clássico após reação de usuários

No mês passado, a Microsoft anunciou algumas novidades para o Skype 8, a nova versão do mensageiro liberada para macOS e Windows ainda em 2017. Na mesma publicação, a empresa recomendou que usuários atualizassem o software para a versão 8 já que a partir do dia 1º de setembro a versão 7 e anteriores deixariam de receber suporte — o que gerou uma enxurrada de comentários e a desaprovação de muitas pessoas.

Após o feedback negativo, a Microsoft decidiu voltar atrás e continuar a oferecer suporte para o Skype clássico por “mais algum tempo”. Desta forma, usuários poderão continuar utilizando a primada versão do app. Desde o anúncio da nova versão, muitos clientes do serviço reclamaram da mudança do design e, por isso, preferem manter instalada a versão mais antiga do software.

Com base no feedback dos nossos clientes, estamos estendendo o suporte para o Skype 7 (Skype “clássico”) por algum tempo. Nossos clientes podem continuar usando o Skype “clássico” até lá.

A decisão foi anunciada por um representante do Skype em um post no fórum do serviço que anunciava a descontinuação da tal versão clássica do app. Entre as centenas de respostas, vários usuários se posicionaram negativamente perante a nova versão e estavam indignados com a atitude da Microsoft de forçá-los a atualizar para o novo software que, segundo alguns comentários, ainda apresenta vários problemas.

Apesar de não especificar uma nova data limite para o fim do suporte ao Skype clássico, o representante do serviço informou que eles estão acompanhando os comentários dos clientes e os planos para introduzir novos recursos ao app. O Skype clássico ainda pode ser baixado diretamente pelo site oficial, assim como a nova versão do aplicativo para macOS e Windows.

via The Verge

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários