Executiva da área de TV deixa Apple enquanto relações-públicas de Madonna chega à empresa

Mais um dia, mais notícias das eternas idas e vindas de Cupertino.

Jen Folse

Talvez você se lembre desse rosto relativamente comum em keynotes recentes, especialmente nas demonstrações relacionadas ao tvOS. Jen Folse era uma das principais lideranças de design da Apple em algumas frentes, incluindo o sistema operacional da Apple TV, mas agora está deixando a companhia para ocupar um cargo sênior na Caffeine.

Jen Folse, ex-designer da Apple TV

A Caffeine, para os desentendidos (como eu, até alguns minutos atrás), é uma startup de streaming ao vivo de jogos fundada em 2016 justamente por ex-designers da Apple TV, Ben Keighran e Sam Roberts. A ideia da iniciativa é bater de frente com gigantes do segmento, como o Twitch ou o YouTube, e aparentemente Folse é uma das peças-chave dessa estratégia.

Como afirmou Keighran à Variety:

Eu trabalhei com Jen por anos na Apple. Ela é uma líder e executora de design de produto fenomenal e eu estou animado para trabalhar com ela ao passo em que fazemos crescer a plataforma da Caffeine.

Folse, que já atualizou sua página do LinkedIn com a mudança, afirmou que pretendia passar muito tempo na Apple, mas viu no Caffeine uma oportunidade de “fazer um impacto liderando a experiência do produto”, acrescentando que foi atraída pela visão dos fundadores. Bom, se é assim, sorte para ela na nova empreitada!

Brian Bumbery

Enquanto uns se vão, outros chegam. E, também de acordo com a Variety, um nome importante está adentrando Cupertino para fazer parte da transição no Apple Music — onde um dos chefões da plataforma, Jimmy Iovine, está se mudando para um papel de consultor, mais afastado do dia a dia da empresa.

Apple Music

A bola da vez é Brian Bumbery, veterano das relações públicas que já foi da Warner Bros. Records e trabalhou para atos musicais como Madonna, Metallica, Green Day e Chris Cornell — a firma de publicidade para a qual ele trabalhava, a BB Gun Press, já trabalhou com a Apple em várias ocasiões, inclusive. Na Maçã, Bumbery trabalhará como diretor de publicidade.

Resta saber se a contratação de Bumbery trará reflexos concretos para o Apple Music, que está se esforçando cada vez mais nas investidas contra o Spotify e já deve ter passado o principal concorrente em número de assinantes nos EUA. Será que essa mistura dá caldo? Veremos.

via 9to5Mac, Apple World Today

Posts relacionados

Comentários