Tim Cook arrecada US$58 milhões com nova venda de ações

Conforme comentamos na quarta-feira passada, o CEO1 da Apple doou quase US$5 milhões em ações da companhia para caridade e, na mesma semana, recebeu um bônus milionário em papéis da empresa pelo bom resultado e pela sua perfomance nos últimos três anos. A vida de acionista de Tim Cook continuou bastante movimentada nesta semana, depois que ele vendeu uma bolada de ações da Maçã, conforme um relatório enviado à U.S. Securities and Exchange Commission (SEC).

As ações vendidas recentemente pelo executivo eram parte do prêmio recebido por ele, na última sexta-feira, como bônus pelo ótimo desempenho da Apple no mercado financeiro — ontem (28/8), inclusive, a Maçã bateu um novo recorde de valorização dos papéis.

Das 560 mil ações recebidas, Cook vendeu aproximadamente 265 mil delas a preços que variam entre US$216,96 e US$218,54 — totalizando cerca de US$57,8 milhões. O restante das ações, que valem hoje cerca de US$63 milhões, foram retidas pela Apple para impostos.

Mesmo com a venda multimilionária das ações auferidas este ano, Cook ainda possui cerca de 878 mil papéis da empresa — o equivalente a US$193 milhões.

Cook receberá prêmios em ações da Apple pelos próximos três anos, desde que ele permaneça no cargo de CEO e as ações da companhia mantenham seu forte crescimento. No fim desse período (ou seja, em 2021), ele receberá ainda um total de 700 mil ações restritas (restricted stock units, ou RSUs) da Maçã. Nada mau.

via MacRumors

Posts relacionados

Comentários