Logitech abre vendas da Crayon, a “versão barata” do Apple Pencil

Depois de apresentar a Crayon para o mundo em março passado, a Logitech, fabricante de acessórios e periféricos, acaba de abrir a venda da stylus para o grande público. Inicialmente, a Crayon foi disponibilizada apenas para algumas instituições de ensino como parte da propaganda educacional do iPad de sexta geração, que chegou ao Brasil em maio passado.

A Crayon possui algumas tecnologias similares às da Apple Pencil e oferece uma experiência de escrita responsiva, precisa e confortável, bem como sensores de rejeição de palma para que você possa descansar a mão no iPad sem que isso interfira no funcionamento da caneta. Ademais, ela não requer pareamento via Bluetooth; basta apertar um botão por um segundo e ela irá, automaticamente, se conectar ao dispositivo.

Crayon tecnologia de rejeição de mão

Apesar disso, a Crayon não oferece (não dá para ter algo mais barato que seja exatamente igual) todos os recursos do Apple Pencil. Mesmo que a stylus da Logitech conte com detecção de inclinação, ela não possui o sensor de pressão que equipa o lápis da Apple. Outro ponto negativo é que a Crayon funciona apenas com o iPad de sexta geração — por isso, nem adianta testá-la com o iPad Pro.

De acordo com a fabricante, 2 minutos de recarga podem oferecer até 30 minutos de uso e, com carga total, o dispositivo pode ser usado por até 7 horas. No geral, a Crayon possui:

  • Botão liga/desliga;
  • Luz indicadora de bateria LED;
  • Desligamento automático após 30 minutos;
  • Design de alumínio mais achatado;
  • Conexão via cabo Lightning;
  • Suporta quedas de até 1,2m.

Logitech Crayon

A Crayon está disponível nas lojas virtuais da Logitech e da Apple por US$70 e começará a ser despachada a partir da próxima quarta-feira (12/9); além disso, ela será vendida também em Apple Stores físicas e deverá ser disponibilizada em outras lojas dos Estados Unidos e do Canadá a partir do mês que vem. Para instituições educacionais desses países, a Logitech continuará vendendo a Crayon por US$50.

A fabricante afirmou que irá estender a lista de países com o desconto especial para escolas em breve — mas, por ora, não sabemos se o Brasil será incluído.

via 9to5Mac

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários