Como fazer uma instalação limpa do iOS 12 e deixar o seu iPhone mais rápido

O iOS 12 foi liberado e você está querendo muito instalar. Mas aí você para e pensa que, há sei lá quantos anos, vem instalando sistema por cima de sistema e que o iPhone ou o iPad já está se comportando de uma forma estranha por conta desses códigos todos sobrescritos.

iOS 12

Você pode estar sentido que o aparelho ficou mais lento, que a bateria está durando menos do que deveria, que determinado aplicativo está se comportando de forma estranha, entre outras coisas. Isso pode estar acontecendo pois, junto das suas informações, o backup leva também arquivos do sistema em geral. E esses arquivos podem estar com algum problema (corrompidos, por exemplo); ou, quem sabe, você esteja fazendo esse processo há anos e realmente existam muitos arquivos ali que simplesmente não deveriam mais existir.

Que tal, então, aproveitar a chegada dessa nova versão do iOS para dar aquela limpada interna no seu aparelho, deixando apenas o que interessa?

O que eu ganho fazendo uma instalação limpa?

Além de se livrar desses arquivos de sistema que não interessam mais e podem estar com problemas (corrompidos), essa é uma ótima forma de você se forçar e ver realmente quais aplicativos usa, fazendo uma limpeza geral também no que tem instalado no iPhone/iPad e como você organiza tudo isso no aparelho.

Ou seja, além de ganhar um sistema operacional mais rápido, você provavelmente vai reorganizar tudo. E a melhor parte é que informações muito importantes (como emails, contatos, calendários, etc.) você consegue colocar no aparelho sem muito esforço — mais sobre isso adiante.

O que eu perco fazendo uma instalação limpa?

A primeira coisa que você perde é a facilidade e o conforto de instalar uma nova versão do iOS simplesmente tocando num botão. Além disso, você obrigatoriamente terá que reinstalar todos os aplicativos que utiliza manualmente. E, se algum app não salva os dados no iCloud ou no seu próprio servidor, você perderá essas informações.

Por isso, é muito importante você se certificar que todo aquele conteúdo que você não cogita perder (suas fotos, mensagens no WhatsApp e no Mensagens, aquele estágio que você atingiu num determinado jogo, etc.) esteja devidamente salvo no iCloud ou na nuvem do próprio serviço.

Abaixo, eu darei algumas dicas importantes para que você mantenha informações preciosas no aparelho e se livre de todo o resto. Vamos lá?

Passo 1: backup!

Não tem como ser diferente. Vai que você faz a instalação limpa e rapidamente se arrepende? Seria bom ter o backup completo de tudo para voltar a ter todos aqueles apps e informações disponíveis da forma que você está acostumado, não é mesmo?

Para fazer o backup via iCloud pelo próprio iPad/iPhone/iPod touch, vá em Ajustes » [seu nome] » iCloud » Backup do iCloud, ative a opção “Backup do iCloud” e toque no botão “Fazer Backup Agora”. Obviamente, você precisa ter espaço disponível na sua conta do iCloud para isso; se o seu plano é o gratuito, de 5GB, adianto-lhe que dificilmente você tem espaço suficiente e que provavelmente você terá que migrar para um maior.

Se você prefere fazer backup no seu próprio computador em vez de salvar tudo na nuvem, conecte o seu gadget ao Mac/PC pelo cabo USB do aparelho e abra o iTunes. Nele, clique no ícone do aparelho, escolha a opção “Resumo” e clique em “Fazer Backup Agora”.

Passo 2: salvando informações importantes

Se você tem um ID Apple e usa o serviço iCloud, saiba que muitas informações importantes da sua conta são salvas automaticamente na nuvem, mesmo se você não estiver com a opção de backup ativada. Obviamente, tudo depende se você optou por ativar e guardar esses dados na nuvem ou não.

Informações que podem ser salvas no iCloud

Eis a lista de itens que você pode salvar no iCloud de uma forma muito simples (em Ajustes » [seu nome] » iCloud):

  • Fotos
  • Email
  • Contatos
  • Calendário
  • Lembretes
  • Notas
  • Mensagens
  • Safari (informações como favoritos, histórico de navegação, etc.)
  • Casa (seus dispositivos e configurações)
  • Saúde (todos os dados armazenados no app)
  • Wallet (cartões cadastrados no Apple Pay, tíquetes, etc.)
  • Game Center
  • Siri
  • Chaves (senhas que você usa no Safari)

Ou seja, mesmo apagando todo o seu iPhone/iPad e fazendo uma instalação limpa sem puxar um backup, você já terá essas informações no aparelho sem nenhum problema.

Informações que podem ser salvas no iCloud

Além disso, muitos aplicativos podem usar o serviço da Apple para armazenar seus dados na nuvem. Indo em Ajustes » [seu nome] » iCloud e deslizando a tela para baixo, você pode ver uma lista dos aplicativos atuais que armazenam os dados no iCloud (como, por exemplo, o WhatsApp — desde que você entre nos ajustes do próprio WhatsApp e ative a opção de backup das mensagens no iCloud). Isso quer dizer que, ao apagar o conteúdo do seu iPhone e fazer uma instalação limpa, se você optar por instalar novamente um desses aplicativos, terá os dados dele prontamente disponíveis de novo. 😊

Outros apps, como o Telegram, salvam as informações no seu próprio servidor. Ao instalar o app e se logar nele, ele puxará todo o seu histórico de mensagens de forma automática. Alguns jogos também salvam o seu progresso na própria rede da desenvolvedora, bastando criar uma conta (login/senha) para que tudo seja devidamente guardado.

A verdade é que cada aplicativo ou serviço salva os dados de uma forma diferente, de acordo com a política da empresa ou do desenvolvedor por trás do app. Então, antes de embarcar nessa jornada de instalação limpa, é bom você se certificar de como funciona aquele app que você considera indispensável para que você não perca os dados dele.

Fazendo a instalação limpa pelo Mac/PC

Antes de começar, certifique-se de que você esteja rodando a última versão do iTunes:

  • macOS High Sierra ou anterior: abra a Mac App Store e clique na aba “Atualizações”;
  • macOS Mojave ou superior: vá em Preferências do Sistema » Atualização de Software.

Feito isso, conecte o seu aparelho ao Mac ou PC usando o cabo. Depois, abra o iTunes e clique no ícone do telefone.

Restaurando o iPhone pelo iTunes

Agora, clique em “Resumo” e depois em “Restaurar iPhone…”.

Restaurando o iPhone pelo iTunes

Fazendo isso, o iTunes vai perguntar se você tem certeza de que deseja mesmo restaurar o aparelho para as configurações de fábrica.

Restaurando o iPhone pelo iTunes

Se você já quiser certificar-se de fazer a restauração diretamente para o iOS 12.0, baixe o arquivo IPSW correspondente ao seu dispositivo nos links abaixo:

Aí, quando for clicar em “Restaurar iPhone…”, faça isso segurando a tecla e, aí, selecione o IPSW baixado.

Siga as instruções da tela até que o aparelho esteja com o sistema novo instalado. Ao entrar com as informações do seu ID Apple, você pode ativar todas aquelas opções que comentei acima (fotos, emails, contatos, calendários, etc.) e, em poucos minutos, ter todas essas informações disponíveis de volta no aparelho.

Contudo, diferentemente do backup do iCloud, essa opção não traz de volta os aplicativos e as diversas configurações que você pode ter feito (tamanho de fonte, alarmes ajustados, teclados configurados, entre outras muitas coisas). Então, você agora terá que entrar na App Store e baixar novamente todos os aplicativos que lhe interessam.

Fazendo a instalação limpa pelo próprio iPhone ou iPad

Primeiro, instale o iOS 12 normalmente pelo próprio aparelho, indo em Ajustes » Geral » Atualização de Software. Com o novo sistema devidamente instalado, você precisa ir em Ajustes » Geral » Redefinir » Apagar Conteúdo e Ajustes para que o seu aparelho volte a ter as configurações de fábrica.

Apagando conteúdo e ajustes do iPhone

A partir daí, é só seguir as configurações iniciais mostradas na tela, se logar com a sua conta iCloud e recuperar as informações importantes comentadas acima. Depois, com isso feito, você deve entrar na App Store e baixar os aplicativos que lhe interessam.

·   •   ·

Boa (re)instalação! 😉

Posts relacionados

Comentários