watchOS 5 já está entre nós, com direito a Walkie-Talkie e Siri melhorada; atualize seu Apple Watch agora mesmo!

Foram meses de espera. A Apple apresentou o watchOS 5 na última WWDC e, desde então, nós (que não somos desenvolvedores registrados) temos apenas acompanhando a evolução das suas betas de longe — ao contrário dos outros sistemas da empresa, afinal, a Maçã não oferece uma versão de testes pública para o sistema do reloginho.

Agora, ele finalmente está entre nós: a versão final do watchOS 5 (que possui a mesma compilação da versão Golden Master, a 16R364) já está disponível para todos os donos de Apple Watches compatíveis; você pode fazer a atualização agora mesmo e usufruir de todas as novidades trazidas no update.

Quem pode atualizar?

O watchOS 5 é compatível com todos os modelos de Apple Watch exceto a primeira geração, lançada em 2015 (sim, o seu Apple Watch Edition de ouro que custou R$135.000 está oficialmente fora).

Aqui, vale o lembrete: ao lançar o Apple Watch Series 2, a Maçã continuou vendendo uma versão mais barata do relógio chamada “Series 1”, que, apesar do nome, é ligeiramente diferente da versão original lançada em 2015. O Watch Series 1, portanto, também *é* compatível com o watchOS 5.

Novidades

Ao contrário do ano passado, que trouxe uma atualização mais pontual para os Watches, o watchOS 5 tem uma série de novos recursos e funcionalidades que farão a alegria dos donos dos relógios. Para começar, o monitoramento de atividades está mais inteligente, com a sugestão automática de desafios e suporte a desafios em grupo, para um maior estímulo a movimentar esse corpinho.

Clique/toque nas imagens para ampliá-las.

Além disso, o watchOS 5 também é capaz de detectar automaticamente que você está iniciando um exercício e sugerir o seu registro — não é mais necessário começar a gravação manualmente. Quer mais? Ganhamos ainda suporte a algumas novas atividades, como Ioga e Trilha, e um alerta de ritmo para avisar quando você está acima ou abaixo da frequência cardíaca recomendada. O sistema diz até mesmo a quantidade de passos por minuto que você está dando durante uma corrida ou caminhada.

Seguindo, o watchOS 5 também traz, pela primeira vez, um app nativo de Podcasts — que é, aqui, nada mais que uma versão simplificada do Podcasts para iOS que já conhecemos. O aplicativo conta com sincronização automática, suporte completo da Siri e funcionamento independente — ou seja, você pode ouvir seus programas favoritos sem estar com seu iPhone próximo.

Outra novidade bem interessante (e que foi prometida pela Apple, pasmem, na apresentação do Watch original) é a funcionalidade de Walkie-Talkie, que permite a comunicação com outra pessoa usando um Apple Watch compatível. O recurso funciona exatamente como os radinhos de comunicação: basta selecionar um contato e tocar no botão “Falar” para enviar sua mensagem. A outra pessoa do outro lado faz a mesma coisa. O “câmbio” ao final da frase é opcional, claro. 😉

Clique/toque nas imagens para ampliá-las.

A Siri, por sua vez, ganha muitas melhorias no watchOS 5. Em primeiro lugar, o “E aí, Siri” torna-se dispensável — basta levantar o relógio até a altura do seu rosto e começar a falar o seu pedido diretamente, sem rodeios. Além disso, a assistente está mais proativa, acessando apps do Watch com mais destreza e mostrando dicas ou dados na sua tela inicial; o mostrador da Siri, por isso, está bem mais completo, com sugestões do ecossistema da Apple e de apps de terceiros, também.

Por fim, temos novos recursos nas notificações: agora, é possível realizar ações rápidas diretamente no pulso, como responder uma mensagem com frases previstas ou reajustar a reserva de uma mesa num restaurante. A integração com o motor de renderização WebKit também permite que você veja uma prévia de páginas da web diretamente na telinha do relógio, para uma checagem rápida em alguma informação.

Como atualizar?

Certifique-se de que seu dispositivo esteja com ao menos 50% de bateria (o melhor é que ele esteja totalmente carregado) e então vá ao app Watch, no iPhone ao qual o relógio esteja conectado. Na aba “Meu Watch”, dirija-se à seção “Atualização de Software” e toque no update disponível. O arquivo do novo sistema começará a ser baixado. Se quiser, pode ainda ativar a opção de instalar atualizações automaticamente para não ter que se preocupar com isso das próximas vezes.

No momento da instalação em si, o Watch deverá estar conectado à energia. Não é necessário se preocupar com backups, pois o iPhone já se encarrega desse processo automaticamente; o único conselho que eu dou é que você faça isso num dia livre e sente-se e relaxe, pois as atualizações do relógio costumam demorar um pouco.

Já concluiu o processo? Pois agora pode deixar suas impressões logo aqui abaixo. O que está achando das novidades?

Posts relacionados

Comentários