Testes de queda dos novos iPhones mostram que mágica não existe

A sequência de acontecimentos é clara: primeiro, a Apple sobe ao palco para apresentar os novos iPhones. Depois, os aparelhos chegam às lojas do mundo e nós corremos para colocar as mãos neles. Por fim, o ciclo se fecha quando uma série de celerados intrépidos usuários ou empresas especializadas tacam os aparelhos no chão das mais diferentes formas a fim de testar a resistência deles (isso quando não fazem coisa pior, isso é).

Não poderia ser diferente com os iPhones XS e XS Max, claro — e este ano nós temos uma curiosidade extra, considerando que a própria Apple se gaba de ter posto nos novos aparelhos o “vidro mais resistente” já visto em smartphones (possivelmente o Gorilla Glass 6, embora a Maçã não confirme esses dado). Por isso, reunimos aqui alguns dos vídeos com os famigerados drop tests realizados por canais do YouTube nos últimos dias.

A empresa de garantia estendida SquareTrade, cujos vídeos de testes já se tornaram referência pelos equipamentos profissionais empregados, afirma que os novos aparelhos são mais resistentes que o iPhone X, porém — obviamente — não são mágicos: se eles caírem do jeito certo (ou… errado), especialmente em superfícies duras, vão quebrar. Ainda estamos falando de vidro, afinal de contas.

Curiosamente, o iPhone XS Max se mostrou mais resistente que o seu irmão menor nos testes de queda, com menos dano acumulado após as provações — o iPhone XS apresentou defeitos na tela depois da última queda. Por isso, o aparelho maior conquistou um índice de risco 70 (sendo 100 totalmente propenso a danos), enquanto o menor ficou com pontuação 86. Ah, e ambos sobreviveram a um tempinho mergulhados em um tubo de cerveja, como a Apple prometeu. 😛

Os testes do EverythingApplePro mostraram resultados parecidos, embora tenhamos que considerar que, aqui, os cenários são mais aleatórios — como os iPhones são derrubados pelas mãos do YouTuber, não há como estabelecer um padrão nas quedas e cada evento é ligeiramente diferente do outro. Ainda assim, o iPhone XS Max sobreviveu a mais acidentes que o seu irmão menor — será que a Maçã está reforçando o aparelho mais avantajado de alguma forma que não saibamos?

Por fim, o canal JerryRigEverything fez seu teste costumeiro avaliando a resistência dos novos iPhones a riscos, chamas e flexões na estrutura. Como esperado, os aparelhos têm vidros com o mesmo grau de dureza (ou seja, eles vão continuar riscando com impurezas no seu bolso/bolsa), mas a moldura de aço inoxidável foi elogiada como mais resistente que o comum. A estrutura dos smartphones também foi bem recebida, sem nenhuma flexão aparente mesmo após uma força considerável aplicada.

No fim das contas, a recomendação que fica é a de sempre: por mais que os aparelhos possam ser um pouquinho mais resistentes que antes, não dê chance ao azar — use sempre uma capa e/ou película protetora ou tome o máximo de cuidado possível ao manipular seu novo aparelho de milhares de reais. Não é algo muito difícil, né?

via 9to5Mac

Posts relacionados

Comentários