Apple, Alphabet e outras estão gastando mais dinheiro que nunca

Tradicionalmente, empresas de tecnologia não estão entre as que mais gastam dinheiro no mundo. Claro, a soma é astronômica (especialmente na área de pesquisa e desenvolvimento) mas, historicamente, não chega nem perto daquilo que é gasto pelas chamadas gigantes tradicionais — isto é, empresas de segmentos mais antigos, como o petroleiro, o automotivo ou o de telefonia. Esse cenário, entretanto, está mudando.

Como informou a Bloomberg, as cinco gigantes americanas da tecnologia — Apple, Alphabet (empresa-mãe do Google), Microsoft, Amazon e Facebook — gastaram cerca de US$80 bilhões ao longo do último ano. O valor inclui propriedades físicas, incluindo equipamentos de fabricação e ferramentas especializadas, e todo o gasto na criação de novas tecnologias, produtos e serviços para o consumidor.

Mais que isso: os US$80 bilhões gastos pelas empresas não só representam um recorde (em 2015, esse valor combinado ficou na casa dos US$40 bilhões) como ultrapassam muito algumas das empresas que mais gastam dinheiro no mundo. A General Motors, por exemplo, não vai gastar nem 10% disso ao longo do ano — e olha que estamos falando de uma das companhias mais poderosas e tradicionais do planeta, que investem bilhões e bilhões anualmente em novas técnicas de fabricação e fábricas ao redor do globo.

Segundo analistas do banco Credit Suisse, o crescimento nas despesas de capital feitas por empresas do mundo está vendo, em 2018, o maior crescimento na década; esse fenômeno, de acordo com os analistas, se deve muito mais às empresas de tecnologia do que às companhias industriais tradicionais.

Ou seja, podemos estar vendo o nascimento de uma nova categoria dominante entre as gigantes do mundo? Não sabemos, mas que a empresa mais valiosa do mundo já é do ramo da tecnologia, isso é.

via 9to5Mac

Posts relacionados

Comentários