Microsoft apresenta novos Surface Pro, Laptop e Studio e um… headphone?

Ao que tudo indica, a Apple deverá apresentar, ainda este mês, novidades para a sua linha de Macs e iPads. Uma das suas mais formidáveis concorrentes, entretanto, resolveu se adiantar: a Microsoft subiu ao palco num evento para a imprensa em Nova York e, de uma vez só, renovou boa parte da sua linha de hardware, anunciando atualizações para o Surface Pro, o Surface Laptop, o Surface Studio e — one more thing — seu primeiro headphone.

Vamos dar uma olhada.

Surface Pro 6

De acordo com a Microsoft, o híbrido que é o carro-chefe da linha Surface tem um índice de satisfação de impressionantes 99% entre os consumidores — o que pode explicar o fato de que o Surface Pro 6 é, no máximo, uma atualização pontual. Por fora, a única diferença está na nova cor matte black (preto fosco), que complementa o prateado das gerações anteriores; de resto, o visual (e o famoso apoio com ajuste infinito) continua inalterado.

Microsoft Surface Pro 6

Por dentro, a Microsoft está incluindo nos tablets os novos processadores Intel Core de oitava geração, que tornam os novos Surfaces Pro até 67% mais rápidos do que a geração anterior — pela primeira vez, aliás, é possível equipar os dispositivos com um chip de quatro núcleos. Além disso, a quantidade de RAM no modelo base dobrou para 8GB. A bateria estimada de 13,5 horas é a mesma em relação aos antecessores.

No mais, temos o mesmo suporte à Surface Pen e os mesmos acessórios e capas com teclado que transformam o Surface Pro num substituto deveras hábil para laptops — ah, e a mesma falta de uma entrada USB-C, também. Ele parte de US$900 (US$100 a menos do que a geração anterior) e chegará às lojas no dia 16 próximo.

Surface Laptop 2

O laptop “tradicional” da gigante de Redmond também está ganhando uma atualização no máximo pontual — compartilhando várias das novidades trazidas pelo Surface Pro, inclusive. O Surface Laptop 2 vem agora também numa elegantíssima opção matte black e é até 85% mais rápido graças aos novos processadores Intel Core de oitava geração.

Microsoft Surface Laptop 2

Temos ainda uma nova tela com resolução (2256×1504 pixels) e taxa de contraste (1.500:1) superiores — e que vem a ser o painel LCD sensível ao toque “mais fino já posto num laptop”. A bateria também está melhor, e agora dura impressionantes 14,5 horas em uso regular. Aqui, também, a opção de 4GB de RAM foi abolida; o modelo base traz 8GB logo de cara.

Ah, o famoso revestimento interno em Alcantara foi mantido, como não poderia deixar de ser. O Surface Laptop 2 chegará às lojas também em 16 de outubro, por valores que partem de US$1.000.

Surface Studio 2

O fabuloso tudo-em-um da Microsoft também não tem grandes mudanças no visual (ufa!), mas as coisas estão ainda mais apetitosas internamente. O Surface Studio 2 traz um novo painel LCD (ainda com as mesmas 28 polegadas) 38% mais brilhante e com 22% mais contraste; o suporte à Surface Pen foi melhorado, com sensibilidade à inclinação da canetinha, e agora tem latência ainda menor — o suporte aos 4.096 graus de pressão permanece inalterado.

Microsoft Surface Studio 2

Por dentro, temos um novo chip gráfico da NVIDIA baseado na arquitetura Pascal, que torna o Studio 2 50% mais veloz no quesito vídeo e o deixa ainda mais apto a programas profissionais e jogos; além disso, em vez do drive híbrido da geração anterior, temos aqui um SSD de 2TB(!). Os processadores, por outro lado, permaneceram na sétima geração da Intel, o que deixa a nova máquina um pouco atrasada em relação a alguns concorrentes.

O Surface Studio 2 ainda não tem uma data marcada de lançamento, mas chegará às lojas por um preço base de US$3.500 — que traz um processador Core i7 e 16GB de RAM.

Surface Headphones

Sentiram falta de novidades realmente novas da Microsoft? Pois podem respirar com tranquilidade, já que a gigante de Redmond está basicamente entrando num segmento que nunca sequer explorou com os Surface Headphones. E quando eu digo “entrando”, é de cabeça: não é como se a empresa tivesse simplesmente posto sua marca num acessório anônimo vindo da China; os headphones da Big M são fruto de mais de três anos de testes intensos e a conexão deles com a linguagem de design da linha Surface é visível.

Microsoft Surface Headphones

Por fora, temos o design em cinza claro bem característico da Microsoft e dois anéis giratórios, um de cada lado dos fones; o esquerdo ajusta o nível de cancelamento ativo de ruído e o direito, o volume da reprodução. No centro de cada fone, temos ainda uma superfície sensível ao toque para os demais controles (tocar, pausar, responder a chamadas, passar faixa e assim por diante). Temos aqui também sensores que pausam a música automaticamente quando você tira os headphones, como nos AirPods.

O suporte à Cortana é total, e os headphones contam com oito microfones para a qualquer momento ouvir o seu comando “Hey, Cortana” e responder às suas inquisições. A conexão é via Bluetooth 4.2, e os acessórios são carregados por uma porta USB-C — temos aqui um modo de carregamento rápido que dá uma hora de reprodução depois de apenas cinco minutos na tomada. A bateria dura 15 horas em uso normal, mas você pode usá-lo no modo cabeado e esse número salta para 50 horas.

Os Surfaces Headphones custarão US$350 quando chegarem ao mercado — a Microsoft afirma que isso acontecerá até o período natalino, mas sem especificar uma data. Curtiram?

Windows 10 October 2018 Upgrade

Para não dizer que ficamos somente no hardware, a Microsoft tratou de lançar também a mais nova atualização do Windows 10. O update, também conhecido como versão 1809, estava em versão de testes há alguns meses e traz como principais novidades um novo tema escuro para o Explorer, nova ferramenta de screenshots, área de transferência baseada na nuvem e suporte ao recurso Your Phone, sobre o qual já falamos aqui.

Windows 10 October 2018 Update

Temos ainda outros ajustes visuais menores ao redor de todo o sistema, bem como a adição de pequenos recursos e configurações extras aqui e ali. A atualização é gratuita para todos os usuários do Windows 10 e começará a ser liberada a partir da semana que vem, em fases.

via 9to5Mac

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

17 comments

  1. Eu quase comprei… quase… mas não quis gastar quase 2k e me arrepender depois, preciso de mais argumentos de que vale à pena!

  2. Quando se vê esses Surface´s ao vivo é difícil não admira-los! A construção deles são muito refinadas, muito bonitos e impressionam mesmo. Eu compraria sem questionamentos, não interessa que é Windows, sempre precisaremos de uma maquina com Windows por perto. E os preços em US$ estão a contento!

  3. Tenho um Surface book de primeira geração, para mim essa linha da Microsoft é uma das únicas que pode competir diretamente com a Apple em qualidade de construção e design.

  4. Tenho um Surface Pro 3 guerreiro aqui e não quero outra vida…alias, até queria, mas o Pro 6 vai ficar mto caro ate nos ML da vida …

  5. Tive um MacBook Pro de 15 Retina até pouco tempo atrás, mas o macOS já não estava me satisfazendo em algumas coisas. A principal dela era a necessidade de ter uma placa de video melhor, e para isso, eu precisaria desembolsar uma grana considerável para ter. Tbm tinha um iPhone 6s Plus, 128GB, mto bom, mas o iOS não vai pra frente mais, mesma cara, mesma ideologia de Apple manda, todos obedecem, e pra mim isso acabou.
    Hoje tenho um Dell Vostro, com uma GPU bem mais decente, e um OnePlus que me satisfaz total e plenamente. E isso eu comprei praticamente só com a venda do MacBook.
    Então, não sinto mais falta de Macs, e aliás, estou ansioso por um dia por as mãos num Surface. Esse Pro 2 está do jeito que eu gostaria, e esse fone, é lindo! Só falta saber se é bom. Quanto ao Windows, já uso o 1809 há um tempo, e ele evoluiu bem, e hoje o Win10 está indo por um bom caminho, mas lógico, ainda tem coisas a serem melhoradas.

Deixe uma resposta