Apple lança estudo sobre cirurgias de substituição de quadril e do joelho

Os investimentos da Apple com pesquisas e estudos médicos estão a todo vapor. Ontem mesmo comentamos que a Maçã doou 1.000 Apple Watches para um grupo de pesquisadores que irão estudar as possíveis causas para episódios de compulsão alimentar.

Similarmente, a Maçã lançou recentemente um programa de estudo em parceria com a empresa de dispositivos médicos Zimmer Biomet, que utilizará o Apple Watch e o iPhone para monitorar a recuperação de pacientes que fizeram cirurgias de substituição de quadril e joelho.

Os estudos acontecerão em três etapas e a Zimmer Biomet projetou que, dentro de dois anos, cerca de 10 mil pessoas estarão envolvidas. A ideia do estudo é simples: a partir do app mymobility, o Apple Watch servirá como ponte entre médicos e pacientes à medida que esses segundos se recuperam das cirurgias no quadril ou no joelho.

Por meio do aplicativo, os pacientes receberão ainda suporte e orientação de cirurgiões, que usarão os dados coletados pelos sensores dos gadgets para otimizar o atendimento. Ou seja, tudo para facilitar a vida de quem realizou alguma dessas cirurgias e enfrenta dificuldades para se locomover.

Aplicativo mymobility para iOS e Apple Watch

Durante a oferta desses serviços, a Zimmer Biomet analisará o impacto dos aplicativos para iOS e watchOS na recuperação dos pacientes e nos custos totais gastos após a operação. Por ora, o estudo se restringirá aos Estados Unidos, onde mais de 1 milhão de pessoas passam por cirurgias de substituição do quadril e joelho.

De acordo com o diretor de operações da Apple, Jeff Williams, com o aplicativo mymobility e com o Apple Watch, pacientes poderão participar da própria recuperação de maneiras que antes não eram possíveis.

Temos o orgulho de permitir que pacientes de substituição de joelho e quadril usem seus próprios dados e os compartilhem com seus médicos sem problemas, para que possam participar de seus cuidados e recuperação de uma forma que não era possível anteriormente por meio de visitas tradicionais. Essa solução conectará os consumidores com seus médicos continuamente, antes e depois da cirurgia.

Dezenas de instituições estão participando do estudo clínico da Apple e da Zimmer Biomet, incluindo centros acadêmicos, hospitais e centros de cirugia ambulatorial. Confira todas as características do estudo aqui.

via TechCrunch

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários