Apple contrata executivo da Nokia na Índia; Dan Frakes vira editor da Mac App Store

Neste episódio de “idas e vindas em Cupertino”, a Apple contratou, e também perdeu, talentos da Mac App Store e no setor de comunicações, respectivamente. Para além da sua cidade natal, a Maçã irá contar, ainda, com um novo nome para comandar suas operações na Índia, como veremos a seguir.

Operações na Índia

No fim do ano passado, a chefia de operações da Maçã na Índia passou por uma reorganização após o aumento dos preços dos produtos da companhia no país. Desde então, as vendas da Maçã na região não têm sido positivas e as previsões do número de dispositivos vendidos por lá este ano também não são as melhores.

Como parte do seu plano de reestruturação, a companhia indicou o executivo da Nokia Ashish Chowdhary como o novo chefe de operações do país, conforme divulgado pelo The Economic Times. Chowdhary assumirá a gerência nacional da Apple na Índia em janeiro de 2019; atualmente, essa posição é ocupada por Michel Coulomb, que disse estar enfrentando dificuldades no cargo.

Na Nokia, Chowdhary atuava como diretor de negócios. Ele possui um vasto conhecimento no mercado de smartphones da Ásia e, principalmente, da Índia. A empresa confirmou a saída do executivo em um comunicado fornecido para o The Economic Times.

Mac App Store

O ex-editor do Wirecutter (da companhia The New York Times) e da Macworld Dan Frakes se tornou o mais novo editor da Mac App Store, conforme divulgado por ele mesmo no Twitter. De acordo com Frakes, seu foco será em ajudar os usuários de Mac a descobrir e aproveitar melhor os aplicativos da loja, a partir de artigos de divulgação dos apps — novidade da loja da Maçã para Macs adicionada no macOS Mojave 10.14.

Algumas notícias de emprego (thread): Depois de 4(!) anos incríveis no @wirecutter, estou partindo para uma nova posição editorial na Apple (Editor da Mac App Store!) focado em ajudar usuários de Mac a descobrir e aproveitar mais os ótimos aplicativos para Mac. (É como uma versão do Mac Gems 🙂 )

A contratação, apesar de positiva para a Maçã, levantou uma preocupação pelo Daring Fireball. De acordo com o editor-chefe John Gruber, isso “não é bom para o universo midiático da Apple”.

O banco de talentos que escreve sobre produtos e plataformas da Apple de fora das paredes da empresa está ficando visivelmente mais raso. E, em um nível pessoal, essa tendência não é boa para mim, porque não posso linkar para artigos da App Store, porque eles não estão na web. Eles só existem dentro dos aplicativos da App Store. Não consigo criar links para algumas das melhores peças que estão sendo escritas atualmente sobre aplicativos indie para iOS e Macs — e isso é um pouco estranho.

Além do problema supracitado, esses grandes talentos agora escrevem anonimamente já que os textos publicados nas lojas não trazem crédito para os respectivos autores. Oh, well…

Comunicações

A chefe de comunicação de produtos e serviços da Apple Laura Newell deixou a companhia recentemente para assumir a liderança de comunicações da empresa Collective Health, sediada em San Francisco (nos Estados Unidos), conforme publicado pelo PRWeek.

Na Maçã, Newell liderou por cinco anos a comunicação de produtos e serviços como o iOS, o iCloud, o Apple Pay, o CarPlay e o Apple News. A nível de curiosidade, a Collective Health fornece um sistema de gestão de seguros de saúde para empresas; fundada em 2013, a empresa já possui diversos clientes importantes, como Palantir, Red Bull, eBay e Pinterest.

via 9to5Mac, AppleInsider

Posts relacionados

Comentários