Tumblr é retirado da App Store por ocorrências de pornografia infantil

Ah, o Tumblr: um dos últimos bastiões da expressão puramente jovem na internet ainda não profundamente alterado pela gana excessiva, como aconteceu com o Instagram e o Facebook, mas que ao mesmo tempo consegue manter um nível de controle para as coisas não descambarem ao nível “terra de ninguém” de espaços como os chans. Bom, às vezes esse controle dá umas fraquejadas.

Publicidade

No último dia 16, o aplicativo do Tumblr sumiu da App Store sem deixar rastros. Ninguém sabia o motivo até que a CNET publicou hoje uma reportagem revelando a razão do sumiço: postagens contendo pornografia infantil que escaparam pelos filtros da plataforma e foram descobertos pela Apple — a qual, muito justamente, tem uma política de tolerância zero com esse tipo de conteúdo criminoso.

Os representantes da rede emitiram um comunicado reiterando todo o processo por qual as postagens passam antes de caírem na rede:

Nós nos comprometemos a construir um ambiente seguro para todos os usuários e temos uma política de tolerância zero em relação a mídia contendo exploração e abuso sexual de crianças. Como esse é um problema da indústria como um todo, nós trabalhamos com outras empresas do ramo e parceiros como o National Center for Missing and Exploited Children (NCMEC) para monitorar ativamente todo o conteúdo postado na plataforma. Toda imagem enviada ao Tumblr é escaneada e comparada com uma base de dados industrial com material de abuso sexual infantil e as imagens detectadas nunca chegam à plataforma. Uma auditoria de rotina descobriu conteúdo em nosso site que ainda não tinha sido incluído nessa base de dados e o removeu imediatamente.

A Apple não se pronunciou sobre o caso e o Tumblr não afirmou uma previsão de quando o seu aplicativo voltará à App Store, limitando-se a dizer que está trabalhando com a Maçã e as autoridades para solucionar o problema o quanto antes. Quem já tinha baixado o app anteriormente pode recuperá-lo pela aba “Comprados”, na App Store; para todos os outros usuários, a solução é esperar que o problema seja corrigido e o aplicativo volte ao ar na loja.

Publicidade

via Cult of Mac

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…