Uniloc abre mais um processo contra a Apple, desta vez mirando o iMessage

A Uniloc está caminhando rapidamente para se tornar a patent troll que mais dá trabalho para a Apple nos tribunais. Até o momento — se não tivermos perdido a conta — já são oito disputas envolvendo a Maçã. Quer dizer, nove, se contarmos com essa de agora.

Mensagem de áudio no iMessage

A patente da vez é a 7.020.252, que cobre um aparelho de registro de mensagem de áudio comum o qual permite que vários usuários registrem e acessem mensagens de áudio. Cada mensagem carrega um parâmetro de qualificação, como um registro de data e hora ou localização geográfica, que é usado para conceder ou negar acesso a gravações. Tal patente foi concedida para a Philips em 2006, depois atribuída à IPG Electronics 503 em 2009, à Pendragon Electronics em 2012 e, finalmente, à Uniloc Luxembourg em fevereiro passado.

A Uniloc afirma que o iMessage infringe o seu invento com dispositivos iOS 5 ou superior e “OS X”1 ou superior, pois o serviço da Apple permite que os usuários gravem mensagens de voz que expiram após um período definido (dois minutos depois de ter sido reproduzido por um dispositivo receptor).

A empresa quer as devidas indenizações, reembolsos dos honorários advocatícios e que outros benefícios sejam considerados pelo Tribunal Distrital dos EUA para o Distrito Oeste do Texas (o qual, normalmente, fica ao lado das patent trolls).

via AppleInsider

Posts relacionados

Comentários