Apple confirma coleta de dados a pé para seus Mapas

No mês passado, falamos aqui sobre uma nova modalidade de captura de dados geoespaciais que a Apple estava implementando para os seus Mapas: pessoas a pé, com enormes mochilas lotadas de equipamento especial nas costas, simplesmente andando pelas ruas das cidades e coletando todas as informações possíveis.

À época, a descoberta foi feita por acaso (embora a Apple não tenha feito nenhuma questão de escondê-la, já que estampou em letras garrafais o nome “Apple Maps” nas mochilas); agora, a Maçã finalmente confirmou oficialmente a nova modalidade.

Mochila do Apple Maps

Na página em que lista por onde os veículos de captura dos Mapas passarão nos próximos tempos, a Apple incluiu algumas cidades na Califórnia com o parêntese “pedestre”, indicando que, em vez de carros, esses lugares terão seus dados coletados pelos empregados a pé. As localidades incluem Los Angeles, San Francisco e os condados de Santa Clara, Santa Cruz, San Mateo e Alameda, e os empregados da Maçã andarão por lá entre os dias 26 de novembro e 10 de dezembro.

Por enquanto, esses locais na Califórnia são os únicos contemplados com a captura de dados a pé para os Mapas, mas não é difícil imaginar que a modalidade seja expandida para outras cidades — várias delas, especialmente na Europa e aqui na América do Sul, são cheias de ruelas por onde carros dificilmente passam; a coleta individual seria uma mão na roda para pegar os dados dessas localidades.

Mapeamento interno

Seguindo o mantra “devagar e sempre”, a Maçã adicionou também uma série de novos aeroportos e shoppings ao recurso de mapas internos da plataforma.

Recurso de mapeamento interno do Apple Maps

Ganharam o mapeamento interno o Aeroporto de Copenhagen, na Dinamarca, e o Aeroporto Internacional Sky Harbor, em Phoenix (EUA). Além disso, entraram vários centros de compras de cidades como Atlanta, Louisville, Toronto, Hong Kong e Singapura.

Todos esses locais, agora, contam com um esquema detalhado da sua arquitetura interna com indicação de lojas, restaurantes, banheiros, elevadores, escadas e (no caso de aeroportos) terminais, portões, despacho de bagagem, áreas de check-in e muito mais.

A lista completa de locais que contam com o mapeamento interno dos Mapas da Apple pode ser conferida aqui.

Posts relacionados

Comentários