Smartwatch da Omron é o primeiro a medir pressão arterial do usuário

A Apple tem se esmerado para trazer cada vez mais recursos de saúde ao Apple Watch e, no momento, todas as atenções estão voltadas para um futuro modelo (ou acessório) do reloginho que seja capaz de medir a glicemia no sangue do usuário. Outra fabricante, entretanto, pulou na frente da Maçã para apresentar um smartwatch com outro tipo de monitor importantíssimo: o de pressão arterial.

A Omron, uma das principais empresas do ramo de equipamentos médicos e saúde corporal do mundo, apresentou o smartwatch HeartGuide na CES 2018, há quase um ano, mas só agora recebeu autorização da FDA (Food and Drug Administration, a agência americana equivalente à nossa Anvisa) para comercializar o produto nos Estados Unidos; com isso, ele se torna de fato o primeiro dispositivo vestível com capacidade de medir a pressão arterial dos usuários.

A tecnologia não é muito diferente dos medidores de pressão de pulso que todo mundo conhece, só extremamente miniaturizada: na parte interna da pulseira do relógio, pequenos compartimentos inflam durante a medição para capturar sua pressão sistólica e diastólica, bastando que você relaxe e posicione sua mão à altura do coração durante o processo, que não leva mais do que 30 segundos.

A interface do relógio traz indicativos coloridos para mostrar se a sua pressão está abaixo, acima ou no nível apropriado considerando suas informações de peso e idade. Além disso, o dispositivo conta com todos os outros sensores e medições que se espera de um smartwatch moderno, como contagem de passos, monitoramento de atividades e gasto de calorias — tudo isso num sistema operacional proprietário da Omron, cujos dados podem ser sincronizados com um app para iOS e Android.

O HeartGuide tem uma bateria de cerca de 48 horas, segundo a Omron, e custa US$500 no site da fabricante — ainda em fase de pré-venda, com entregas sendo iniciadas no dia 8 próximo. A empresa garante que esse é o tamanho “médio” do dispositivo e, em breve, serão oferecidas também versões maiores ou menores para pulsos de diferentes tamanhos.

Será que a Apple tem aqui algo em que se inspirar?

via CNET

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários