Novo certificado para acessórios USB-C protegerá dispositivos equipados com o conector

Estamos ficando velhos: lá se vão dois anos e meio desde que eu escrevi esse texto falando sobre a desordem no mundo dos acessórios USB-C, que expunha MacBooks (até então, os únicos produtos da Apple dotados do conector) e outros aparelhos a todos os tipos de problemas, como invasões ou sobrecargas.

De lá para cá, não muita coisa mudou — só mesmo a linha da Maçã que recebeu vários outros produtos equipados com portas USB-C, entre MacBooks Pro e Air, e os novos iPads Pro. O mundo dos acessórios e cabos com base no protocolo continua um território perigoso, mas isso pode estar para mudar graças a um novo tipo de certificado.

O USB Implementers Forum (organização sem fins lucrativos dedicada a desenvolver e implementar os padrões relacionados ao protocolo USB) anunciou hoje um novo tipo de certificado entre dispositivos USB-C que promete proteger aparelhos como smartphones, tablets e computadores por meio de uma autenticação criptografada que, basicamente, mostrará ao receptor que aquele acessório é seguro.

Mais precisamente, a autenticação acontece no exato momento em que um cabo ou acessório USB-C é conectado no aparelho, antes que qualquer comunicação seja estabelecida; dessa forma, quaisquer agentes maliciosos que possam ser transferidos pela conexão são bloqueados.

O certificado também cuida das questões de energia: se o cabo ou carregador USB-C está fornecendo energia a uma potência instável ou diferente daquela suportada pelo aparelho, a transferência também é bloqueada.

A autenticação já está disponível para ser aplicada em produtos e dispositivos; por enquanto, ela tem implementação opcional, portanto, apenas fabricantes interessadas o implementarão em seus produtos. Fica a torcida para que ele seja adotado amplamente, afinal não há nada pior do que expor seus gadgets caríssimos às intempéries de um acessório malicioso.

via MacRumors

Posts relacionados

Comentários