Mais uma fornecedora da Apple relata dificuldades no último trimestre

Que o tombo da Apple com o insucesso dos iPhones de 2018 se estende para muito além dos campos de Cupertino, todo mundo já sabe — basta ver o trimestre difícil relatado pela Foxconn, uma das maiores parceiras da Maçã. Agora, sabemos que outras fornecedoras da empresa também foram afetadas com os eventos, como informou a Reuters.

A fabricante alemã de chips Dialog Semiconductor relatou hoje que suas vendas para o quarto trimestre de 2018 ficarão dentro das previsões divulgadas anteriormente, porém no limite inferior da janela estimada. A empresa tinha previsto uma receita de entre US$430 e US$470 milhões para o período; no fim das contas, esse número ficou em US$431 milhões — ou seja, a um fio de cabelo de frustrar as expectativas de investidores.

A Apple é, de longe, a maior parceira da Dialog: 75% da receita da alemã vem justamente de Cupertino, o que explica o desempenho quase decepcionante. A Maçã usa peças da fornecedora (dedicadas ao gerenciamento de energia de dispositivos móveis) desde o primeiro iPhone, nos idos de 2007.

É bom notar, aliás, que a Apple está em processo de compra de uma parte da Dialog. Como falamos aqui, a empresa fez um investimento de US$600 milhões na alemã; deste valor, US$300 milhões serão utilizados para aquisição de uma parte da companhia, enquanto a outra metade será destinada ao investimento em novas tecnologias relacionadas à área de atuação da Dialog nos próximos três anos.

O acordo deverá ser aprovado por agora, na primeira metade de 2019.

via 9to5Mac

Posts relacionados

Comentários