Preços dos iPhones poderão cair no Brasil!

A Apple divulgou hoje os seus resultados financeiros do primeiro trimestre fiscal de 2019 e, como previsto, o faturamento da empresa ficou em US$84,3 bilhões. A empresa não detalha mais os números exatos de cada categoria, então a única informação que recebemos a respeito dos iPhones foi que a receita como um todo dos smartphones caiu 15% em relação ao ano passado.

Má notícia? De um ponto de vista sim, já que, apesar de esperada, uma redução assim nunca é bem-vinda. Por outro lado, isso serve para chacoalhar as coisas na Apple — e uma consequência direta isso será a redução do preço dos iPhones em alguns mercados fora dos Estados Unidos, como informou a Reuters.

Muito provavelmente por conta desse novo cenário mundial e até mesmo da valorização do dólar em diversos países, Tim Cook informou que essa futura queda nos preços servirá para alinhar os valores, os deixando num patamar antes das atuais flutuações cambiais. O CEO1 da Apple informou ainda que isso é fruto de uma nova política de não precificar mais os iPhones levando em consideração o dólar; em vez disso, tudo será definido em moeda local para cada mercado! 🙏🏼

O executivo também confirmou o óbvio: as regiões onde as vendas do smartphone foram mais fracas nos últimos meses foram exatamente onde as moedas locais sofreram mais com as oscilações (para cima) do dólar. Desta forma, tudo será ajustado para que os preços fiquem mais de acordo com a realidade local de cada mercado.

É claro que, ao fazer isso, a Apple estará abrindo mão da sua margem — que, historicamente sempre foi bem alta se comparada a outras empresas do setor. Essa é, contudo, uma conta que a companhia provavelmente já fez e achou por bem diminuir a margem para ganhar na quantidade. Ademais, se nada sair como planejado (para ela), nada impede que Cook e companhia revejam os preços a médio prazo novamente (vamos torcer para que nada disso aconteça, é claro).

Ninguém sabe, ainda, quais países serão contemplados com essa nova política e nem de quanto será essa redução. Contudo, levando em consideração o discurso de Cook, o Brasil se encaixa perfeitamente no cenário descrito por ele.

Vamos, agora, torcer para que isso aconteça o quanto antes e que os preços dos iPhones caiam por aqui!

via 9to5Mac

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários