Carros autônomos da Apple sofrem (muito) mais falhas que os dos rivais

São raras, as informações sobre os testes do Projeto Titan, o futuro sistema de carros auto-guiados da Apple. O que surge nunca é divulgado pela própria Maçã, e sim por órgãos externos — tanto é que ninguém sequer sabe em que pé está o progresso da iniciativa lá nos porões de Cupertino.

Bom, se estes dados divulgados recentemente pelo Department of Motor Vehicles (Departamento de Veículos Motorizados, equivalente ao nosso Detran) californiano forem de algum valor… podemos dizer que o progresso não está lá tão animador assim.

O site The Last Driver License Holder capturou dados divulgados recentemente pelo DMV e se concentrou em uma informação específica: o índice de desengajamento por quilômetro percorrido, ou seja, a quantidade de vezes em que os motoristas de testes assumiram controle dos carros (seja por ação própria ou instrução do sistema) em relação ao total de milhas percorridas pelos veículos. E a Apple está indo muito mal nessa métrica:

Índice de desengajamento por milha percorrida entre empresas que fazem testes de carros autoguiados

Segundo os dados, os veículos da testes da Apple tiveram, em média, 544,78 ocorrências de desengajamento a cada 1.000 quilômetros percorridos — ou seja, quase uma falha a cada dois quilômetros, o que é um índice deveras preocupante. A coisa fica ainda pior quando se nota que a Maçã está em último lugar numa lista com 25 empresas na qual a campeã (a Waymo, do Google) registrou somente 0,06 ocorrências do tipo a cada 1.000km — um índice cerca de 11 mil vezes(!) superior ao da empresa de Cupertino.

Os dados são referentes aos testes realizados entre dezembro de 2017 e novembro de 2018, e são enviados pelas próprias empresas, como orienta a lei californiana. Até por isso, é bom não levar os números como indicadores definitivos do desempenho de cada fabricante — afinal, pode ser que as empresas com números melhores simplesmente adotem uma metodologia mais liberal ao registrar suas ocorrências de desengajamento.

De qualquer forma, a diferença é gritante e mostra que talvez a Apple esteja comendo poeira nos testes em relação às suas principais concorrentes. Será?

via AppleInsider

Posts relacionados

Comentários