Dentre as novidades que a Apple tem na manga para (possivelmente) 2019, nenhuma delas desperta tanto interesse quanto o futuro Mac Pro. O motivo é simples: ninguém sabe como ele será e como a Apple há de implementar a tão divulgada visão de uma máquina “modular”. Bom, agora nós podemos ter uma suspeita (mas é bom absorver tudo com uma boa dose de cautela).

O canal do YouTube Tailosive Tech publicou um vídeo citando fontes próximas do assunto e falando sobre como o próximo Mac Pro deverá tomar forma. Segundo as informações apuradas pelo canal, a máquina deverá levar o conceito de modulação a um novo nível: a “base” do computador será somente um pouco maior do que um Mac Mini e abrigará somente o processador, a memória RAM e algumas portas principais da máquina; outros componentes serão adicionados empilhando módulos em cima dessa base.

Não se sabe exatamente como esses módulos serão conectados, mas o canal cita uma tecnologia proprietária da Apple que liga a base diretamente a cada um dos componentes. Apenas a base teria um cabo de energia ligado à tomada, mas cada módulo teria seu próprio bloco de energia e sistema de arrefecimento.

Com um funcionamento desse tipo, afirmam os jornalistas, o Mac Pro atrairia vários tipos de público: usuários menos exigentes poderiam obter excelente desempenho somente com a máquina-base, enquanto profissionais dedicados a tarefas mais pesadas poderiam adquirir os módulos extras para adicionar memória, armazenamento, placas de vídeo, portas extras e muito mais.

A parte boa: segundo as informações apuradas, a Maçã teria a pretensão de compartilhar essa tecnologia proprietária com outras fabricantes, permitindo que os usuários comprassem módulos de outras marcas que não a Apple — o que é muito positivo, considerando o preço que a empresa cobra por suas expansões nos Macs.

A notícia, claro, terá suas doses de satisfação e frustração: por um lado, lançar um Mac Pro de fato “aberto”, em que usuários poderiam ter acesso às suas entranhas e substituí-las conforme suas necessidades, seria mais barato e mais atraente para usuários profissionais. Por outro, a ideia dos módulos fechados é mais acessível à maioria dos usuários e, inegavelmente, mais próxima da visão de simplicidade (e controle) da Apple.

Segundo as informações ouvidas pelo canal, a Apple deverá realmente apresentar esse novo Mac Pro ainda em 2019, mas é possível que o computador chegue às lojas somente no próximo ano. Quem se animou?

via AppleInsider

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários