Apple Watch poderá ganhar monitoramento de sono em 2020

Finalmente, meus amigos! Finalmente. Mark Gurman (da Bloomberg), que tem ótimas fontes dentro da Apple, informou que a empresa está testando recursos de monitoramento de sono no Apple Watch. A parte ruim? Ainda que os testes já estejam rolando há alguns meses, Gurman afirmou que, se tudo sair como o planejado e o recurso funcionar como esperado, a empresa implementará o monitoramento de sono “apenas” em 2020.

Aplicativo AutoSleep, um dos mais famosos da App Store para monitoramento de sono
Aplicativo AutoSleep, um dos mais famosos da App Store para monitoramento de sono

Digo “ruim” pois, do jeito que funciona hoje, sabemos que o Apple Watch já consegue realizar o monitoramento de sono numa boa — existem dezenas, centenas de apps de terceiros disponíveis (como o AutoSleep, acima) abrindo justamente essa lacuna que a Apple não preencheu ainda. E, com o viés cada vez mais saudável, é incrível pensar que estamos na quarta geração do relógio e que a companhia ainda não implementou tal recurso.

É claro que a Apple poderá utilizar novos sensores para tal monitoramento, mas tudo indica que o maior problema não é tecnologia nem sensor específico para acompanhar o sono de usuários, e sim o gargalo da bateria do relógio, que atualmente não dura mais do que dois dias. Ao usar o relógio à noite, para monitorar o sono, esse cenário ficaria ainda pior. Então, para que isso tudo funcione de forma satisfatória, é preciso que a bateria do Apple Watch ganhe boas melhorias, imagino.

Vale notar ainda que, em 2017, a Apple adquiriu a startup Beddit, especializada em monitoramento de sono — a Maçã ainda vende um hardware dedicado à função, como comentamos recentemente aqui no site.

O próprio aplicativo Saúde (Health), do iOS, conta com uma parte dedicada a análise de sono desde o seu lançamento, em 2014. Atualmente, esses dados de horas dormidas são fornecidos pela função Hora de Dormir, do iPhone — sem falar, é claro, da possibilidade de capturar tais dados com aplicativos de terceiros.

Com a queda nas vendas de iPhones, produtos como o Apple Watch se tornam cada vez mais importantes para a Maçã. E como a Fitbit (uma das principais concorrentes da Apple nesse segmento) inclui tal recurso em muitos dos seus produtos, já passou da hora de termos esse monitoramento em Apple Watches!


Apple Watch Series 4 dourado

Apple Watch Series 4

de Apple

Preço à vista: a partir de R$ 3.599,10
Preço parcelado: em até 12x de R$ 333,25
Tamanhos: 40mm ou 44mm
Materiais: alumínio ou aço inoxidável
Características: GPS ou GPS + Cellular
Cores: diversas
Lançamento: setembro de 2018

Botão - Comprar agora

via MacRumors

Posts relacionados

Comentários