Apple expandirá presença em San Diego com 1.200 novos empregos

Em dezembro passado, ao anunciar o investimento de US$1 bilhão em um novo campus em Austin (Texas), a Apple aproveitou para divulgar também uma série de investimentos em várias outras cidades dos EUA — entre elas, San Diego (Califórnia). Hoje, foi revelado que os planos da Maçã para a cidade são maiores do que os originalmente anunciados.

Kevin Faulconer, prefeito de San Diego, anunciando expansão da Apple na cidade na loja Apple UTC
Kevin Faulconer (ao centro) anunciando as novidades na Apple UTC

Em pronunciamento realizado na Apple UTC, o prefeito de San Diego, Kevin Faulconer, anunciou que a Apple vai expandir sua presença na cidade com a criação de 1.200 empregos — um crescimento de 20% em relação às 1.000 vagas planejadas originalmente pela Maçã. Os novos profissionais serão principalmente da área de engenharia de hardware e software; como previamente comentado, a Maçã pretende constituir, na cidade, um dos seus mais novos centros de engenharia.

Coincidentemente ou não, San Diego é a cidade de origem da Qualcomm e onde a fabricante de microchips (e rival da Apple em um monte de processos ao redor do mundo) tem sua sede desde a sua fundação, há 34 anos. Segundo o site 10News, aliás, a Apple estaria planejando instalar-se num terreno a algumas centenas de metros do campus da Qualcomm — esses planos, entretanto, ainda não estão confirmados.

Tim Cook comemorou a novidade pelo Twitter:

Animado de ver que a Apple está crescendo em San Diego, uma bela cidade com tantos talentos!

Segundo Faulconer, os investimentos da Apple em San Diego começarão a se concretizar no fim de 2019, quando a maioria das contratações já tiver sido realizada e as obras da instalação da empresa estiverem próximas da conclusão.

via Cult of Mac

Posts relacionados

Comentários