Review: base carregadora sem fio CP-WP1, da Sony

Há algumas semanas, a Sony nos enviou o carregador por indução sem fio premium CP-WP1 para testes. E eu não posso começar este review sem fazer um grande alerta. Eu não era muito fã de bases de recarga sem fio por um motivo simples: a impossibilidade de utilizar o aparelho enquanto ele está sendo recarregado.

Base de carregamento sem fio CP-WP1, da Sony

Por conta desse impedimento, eu nunca quis ter uma base de recarga sem fio. Já experimentei uma base e um stand dotados de recarga sem fio antes mas, naquele caso, como eu era obrigado a utilizar também uma case com bateria para que tudo funcionasse (afinal, naquela época ainda não existia iPhone compatível com a tecnologia), a experiência não foi a mesma.

Apesar da minha resistência, eu gostei bastante da minha experiência com a base da Sony por alguns motivos, os quais explanarei abaixo.

Levando em conta essa impossibilidade de usar o aparelho enquanto ele está recarregando (principalmente pelo fato de ser uma base e não um stand, onde normalmente o smartphone fica em pé e ajuda um pouco nessa tarefa), meu teste com o carregador envolveu um cenário que combina mais com essa característica: recarga do aparelho à noite, ao dormir.

Base de carregamento sem fio CP-WP1, da Sony

E um dos grandes diferenciais da CP-WP1 me agradou: a luz azul que serve para indicar que o telefone está sendo recarregado. Nós já comentamos que, como a bobina de recarga sem fio de smartphones fica no meio do aparelho, se você não posicionar o telefone de forma bem centralizada nesses acessórios, ele simplesmente não é recarregado. Muita gente, na pressa, coloca o telefone em cima dessas bases e só depois de muito tempo — ou até mesmo apenas no dia seguinte — percebe que ele não está recarregando.

Com a base da Sony isso não acontece já que, ao posicionar o telefone corretamente, uma luz azul se acende indicando que o iPhone está sendo devidamente recarregado. E o mais legal é que, ao atingir 100%, a luz se apaga. Eu adorei esse diferencial! Entendo que alguns podem não gostar disso já que o LED1 é ligeiramente forte e ilumina um pouco o ambiente — se você gosta de dormir no breu total, pode implicar um pouco com esse recurso. Mas, como disse, eu adorei — e se você gosta de enxergar um pouco quando abre os olhos de madrugada, também vai gostar.

O design da base em si é bastante tradicional e honesto: basicamente uma superfície circular branca, antiderrapante. Ela é resistente ao calor e conta com detecção de objeto externo (FOD), que protege o dispositivo contra o calor ou sobrecarga quando outros objetos de metal (como moedas e chaves) são colocados na estação ou perto dela.

Vale notar que a saída de energia do carregador é de 5W e que, atualmente, os iPhones suportam até 7,5W. Dito isso, meu iPhone X demora cerca de 4 horas para recarregar de 0% a 100% (sem eu mexer nele) com a CP-WP1, o que é rápido o suficiente para o meu uso noturno.

Base de carregamento sem fio CP-WP1, da Sony

Uma coisa que eu não gostei no produto é a falta de um adaptador de energia e de um cabo USB-A/Micro USB (conector da base). Ou você tem esses acessórios em casa sobrando, ou terá que comprar tudo à parte. As chances de você já ter são grandes mas, no meu caso, eu só tinha um cabo preto que não ficou muito elegante na minha mesa de cabeceira já que tanto ela quanto a base carregadora são brancas.

Talvez essa seja uma ação pensada da Sony para deixar o produto mais barato, já que ele custa R$265 — bem mais em conta que soluções concorrentes de renome, como o carregador sem fio da Belkin (que sai por cerca de R$400). Então, se você já tiver esses acessórios em casa, acaba economizando uma boa grana.

Se você está procurando uma base de carrega sem fio compatível com padrão Qi de uma marca consagrada, na cor branca e por um preço bastante razoável, a Sony CP-WP1 pode ser uma ótima opção. 😉

Posts relacionados

Comentários