AirPods são os fones sem fio mais populares dos EUA, mas não pela qualidade do som

Nós já sabemos que os AirPods são um sucesso — basta ver, por exemplo, que a Apple vendeu mais unidades do acessório do que de iPhones nos dois primeiros anos de vida de cada um. Uma pesquisa divulgada hoje pela Counterpoint Research quantifica essa ideia e nos dá uma amostra das razões para os consumidores (dos Estados Unidos, especificamente) gostarem tanto dos fones de ouvido da Maçã.

A firma fez uma pesquisa online com uma amostra de mais de 200 consumidores de fones de ouvido dos EUA e descobriu que a Apple é a marca com maior preferência por parte do público americano, com 19% das menções. A vantagem da Maçã, entretanto, é pequena: a Sony vem logo em seguida com 17%, enquanto a Samsung tem 16% da preferência dos usuários. A Beats, que tem um lugar separado na pesquisa, ficou em quinto lugar, com 6% das menções.

Mais interessante ainda é notar os fatores que levam os usuários a preferir a Apple ou as outras marcas. Curiosamente (ou não), a qualidade do som foi a razão menos citada como determinante por aqueles que escolhem a Maçã: os fatores mais citados foram conforto/encaixe (68%), facilidade de uso (56%), portabilidade (44%) e, só então, qualidade sonora (41%).

Para efeito de comparação, 72% dos usuários que escolheram a Bose como sua marca favorita citaram a qualidade do som como um fator determinante para a decisão.

Pesquisa da Counterpoint sobre AirPods e fones de ouvido sem fio

Ainda que a popularidade dos AirPods não seja tão superior assim em relação à concorrência, as vendas do acessório colocam todas as rivais no chinelo: segundo estimativas da Counterpoint, os fones da Apple representaram cerca de 75% das vendas de todos os fones de ouvido sem fio do mundo em 2018, o que representa cerca de 35 milhões de unidades despachadas.

Considerando que o mercado de fones sem fio crescerá assustadoramente — de 46 milhões de unidades despachadas em 2018 para uma estimativa de 129 milhões em 2020, segundo a Counterpoint —, a Apple está com a faca e o queijo na mão para tornar os AirPods ainda mais poderosos. Uma nova geração poderá ajudar muito nessa tarefa, inclusive.

via AppleInsider

Posts relacionados

Comentários