Apple anuncia novo iPad Air de 10,5″ e iPad mini atualizado com suporte ao Apple Pencil

Confirmando rumores das últimas semanas, a Apple acaba de anunciar um novo iPad Air com tela de 10,5 polegadas e uma versão atualizada do iPad mini com suporte ao Apple Pencil — ambos com design tradicional, com Touch ID.

O novo iPad Air — que basicamente ocupa o lugar do antigo iPad Pro de 10,5″ — é bastante fino, incorpora o chip A12 Bionic com o Neural Engine e o coprocessador M12, tela Retina com tecnologia True Tone e conta tanto com suporte ao Apple Pencil quanto para o Smart Keyboard.

Após anos “abandonado”, o iPad mini — que mantém suas 7,9 polegadas — também incorpora o chip A12 Bionic, tela Retina com tecnologia True Tone e suporte ao Apple Pencil. Obviamente, como ele não era atualizado desde 2015, o salto em ganhos nesse caso é bem maior.

“O iPad continua proporcionando novas experiências mágicas para usos cada vez mais diversificados nos quais ele é absolutamente o melhor dispositivo, de jogar games de realidade aumentada a tomar notas e desenhar com o Apple Pencil, assistir a filmes em HD e editar filmes 4K, ou aprender a desenvolver apps com Swift Playgrounds”, disse Phil Schiller, vice-presidente sênior de marketing mundial da Apple.

Novo iPad mini na mão com o Apple Pencil

“Hoje, a família iPad dá grandes passos à frente com um novíssimo iPad Air de 10,5 polegadas que traz um tamanho, recursos e performance modernos num preço excelente, e um grande upgrade para o iPad mini de 7,9 polegadas, que também leva o Apple Pencil, a tela Retina e o chip A12 Bionic a muitos consumidores que amam o seu tamanho compacto”, completou Schiller.

O Apple Pencil suportado por esses novos iPads é obviamente o modelo de primeira geração, sem recarga magnética (exclusiva dos iPads Pro). A Apple também anunciou hoje que liberará, na semana que vem, um update para a suíte iWork para iOS com integração aprimorada com o Apple Pencil e novas opções de animações no Keynote as quais permitem que usuários desenham caminhos para qualquer objeto usando o lápis, além de uma interface totalmente nova que facilita a implementação de efeitos embutidos.

iPad Air de lado com Smart Keyboard e o Apple Pencil sobre a mesa

Ambos os novos iPads trazem câmeras melhoradas em relação às suas gerações anteriores, com uma traseira de 8 megapixels (abertura ƒ/2.4) e uma câmera FaceTime HD frontal de 7 megapixels.

Os novos iPads Air e mini serão vendidos nas cores prateada, cinza espacial e dourada, em versões de 64GB e 256GB. O iPad mini partirá de R$3.500 pela versão Wi-Fi (R$4.600 pela Wi-Fi + Cellular), enquanto o iPad Air de 10,5″ começará em R$4.500 na versão Wi-Fi (R$5.600 pela Wi-Fi + Cellular); nos Estados Unidos, o mini começa em US$400 (US$530 o Wi-Fi + Cellular) e o Air em US$500 (US$630 pelo Wi-Fi + Cellular). Eles precisarão ser homologados pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) antes de serem liberados no Brasil.

Ao contrário do que esperávamos quando os rumores de um novo iPad mini surgiram, nas últimas semanas, a Apple não o posicionará num patamar de preço abaixo do iPad de US$330 lançado em 2018. Este agora, mesmo com uma tela maior, é o modelo mais barato mesmo — com especificações técnicas inferiores às do novo mini. Tirando apenas o fato de este ter uma tela menor, a linha como um todo ficou menos confusa agora.

Nova linha de iPads Pro, iPad Air, iPad e iPad mini

O Apple Pencil de primeira geração é vendido à parte, por R$750 (US$100 nos EUA). A Apple também oferecerá o Smart Keyboard para o iPad Air de 10,5″ por R$1.050 (US$160 nos EUA), Smart Covers de poliuretano para iPad mini a R$350 (US$40 nos EUA) e para iPad Air por R$400 (US$50 nos EUA), além de Smart Covers de couro para o Air por R$570 (US$70 nos EUA). As cases serão vendidas em diversas cores diferentes.

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários