Phil Schiller fala sobre os objetivos da WWDC e da App Store em podcast

Como informamos, a 30ª edição da Worldwide Developers Conference (WWDC) acontecerá nos dias 3 a 7 de junho, em San Jose (Califórnia). Além da expectativa em torno da divulgação das próximas versões dos principais sistemas operacionais da Maçã, o evento também oferece uma (grande) plataforma para desenvolvedores de todo o mundo.

Foi exatamente isso que o vice-presidente sênior de marketing mundial da Apple, Phil Schiller, destacou durante sua participação na 317ª edição do podcast “Accidental Tech”, divulgado na última sexta-feira (15/3).

Durante a entrevista, que acontece ao longo da primeira hora do programa, o executivo apontou como a Apple está trabalhando para tornar o conteúdo da WWDC mais acessível para os desenvolvedores que não podem comparecer pessoalmente ao evento, o qual reúne mais de 5 mil desenvolvedores e 1.000 engenheiros da Apple.

Como é possível imaginar, colocar todos os participantes em contato não é uma tarefa fácil — e esse é justamente o objetivo da WWDC. Para tanto, Schiller contou que a Apple disponibiliza, o quanto antes, o conteúdo não só da palestra principal, mas de outros eventos em diversas plataformas e para o maior número de pessoas possível.

O maior benefício [da WWDC] é que ela é de engenheiros para engenheiros. Nada pode substituir isso. Mas, acima de tudo isso, sabemos que não podemos alcançar todos dessa maneira e há muito conteúdo excelente. Queremos disponibilizar esse conteúdo para o maior público possível, ajudar os desenvolvedores a aproveitar e adotar os novos recursos e tecnologias rapidamente, e nos fornecer feedbacks.

Schiller falou ainda que a empresa está constantemente expandindo seus serviços e programas, como a Apple Developer Academy, os programas de aceleração e os workshops voltados para desenvolvedores e estudantes de todo o mundo.

Com relação à App Store, o executivo explicou como a Maçã busca o equilíbrio para gerenciar pequenos desenvolvedores independentes e grande empresas dentro da sua loja de aplicativos. Nesse sentido, Schiller ressoou a posição da empresa divulgada na sua carta aberta para o Spotify e disse que a App Store disponibiliza o mesmo recurso para todos os desenvolvedores.

Um dos princípios básicos com o qual começamos a [App Store] foi como abrir o acesso e a tecnologia para desenvolvedores de todos os tamanhos. O modelo antigo, bem antes da App Store, era gerenciado por um esquema de parceria, individual, no qual “os grandes desenvolvedores obtinham a maioria dos recursos”. Mas a App Store, por design, é muito mais aberta a desenvolvedores de todos os tamanhos.

Além disso, ele contou que o novo design da App Store, introduzido com o iOS 11, ajudou a posicionar os holofotes em pequenos desenvolvedores. Como já comentamos, os editoriais e artigos da aba “Hoje” contribuíram para a colocar à frente da loja da Maçã serviços que antes não eram tão divulgados. Schiller destacou que a App Store recebe meio bilhão de visitantes por semana.

Caso queira acompanhar a entrevista completa, baixe o último episódio do programa [MP3] ou, se preferir, reproduza-o no seu dispositivo iOS.

via 9to5Mac

Posts relacionados

Comentários