iTunes poderá ser dividido em vários apps no macOS 10.15

O iTunes é um app que incomoda muita gente. E tem explicação para isso: o que começou como um jukebox virou um enorme dinossauro, com uma loja multimídia, repositório de podcasts, backups de dispositivos e diversos outros recursos. Não é de hoje que muitos gostariam de ver ele sendo dividido em alguns apps, cada um com uma função especifica e uma concepção mais simples — já vimos inclusive conceitos sobre o tema. Mas agora essa ideia ganhou bastante força.

Publicidade

iTunes

O desenvolvedor Steve Troughton-Smith, conhecido por investigar as entranhas dos sistemas operacionais da Apple, acredita que isso poderá acontecer no lançamento do macOS 10.15, que deverá ser apresentado na WWDC19 (evento que acontecerá entre os dias 3 e 7 de junho).

No Twitter, ele disse estar bastante confiante (com base em evidências que não deseja tornar públicas agora) que a Apple está planejando novos apps de música, podcasts e possivelmente livros para o macOS — os quais se juntariam ao já anunciado aplicativo Apple TV (hoje presente no iOS e que chegará ao macOS em algum momento por conta do lançamento do Apple TV+).

Publicidade

Isso tudo, claro, faria parte do projeto Marzipan, que basicamente visa a criação de apps universais (com um único código e algumas poucas modificações, desenvolvedores conseguiram criar um app que rodaria tanto no iOS quanto no macOS).

A Apple inclusive já deu início ao projeto no macOS Mojave 10.14, com a introdução dos apps Casa, Bolsa, Gravador e News (indisponível no Brasil) — aplicativos os quais, antes, estavam disponíveis apenas no iOS. Como já temos os apps Música, Podcasts e Livros no sistema operacional móvel da Maçã… bem, você entendeu.

Publicidade

Isso basicamente significaria — para a felicidade de muitos — que o iTunes como conhecemos hoje poderá morrer em breve.

Como Steve tem um ótimo histórico em relação a descobertas nos sistemas da Maçã, a probabilidade de isso acontecer é bastante grande. Eu, particularmente, curto bastante a ideia. A única dúvida é: qual app ficaria responsável por fazer a ponte entre conteúdos e iPhones/iPads/iPods touch, principalmente levando em consideração que algumas pessoas não gostam do iCloud e ainda utilizam o iTunes para fazer a sincronização de conteúdos (e, como disse acima, backups dos seus aparelhos)? Será que veremos o retorno do iSync?

Mas isso é um mero detalhe…

Publicidade

via MacRumors

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…