Apple está priorizando reparo de teclados de MacBooks [Pro/Air] em suas lojas

Até o presente momento, os problemas nos teclados dos MacBooks, MacBooks Pro e MacBooks Air (com mecanismo borboleta) não têm sido lidados com particular destreza pela Apple. A empresa pediu desculpas pelas dores de cabeça enfrentadas pelos usuários afetados, mas não deu nenhum sinal de que iria tomar providências maiores para desatar esse nó. Agora, ao menos uma medida paliativa está sendo tomada.

O MacRumors pôs as mãos num comunicado distribuído pela Apple a todas as suas lojas ao redor do mundo afirmando que, daqui em diante, reparos de Macs com teclados borboleta defeituosos devem ser priorizados. As lojas devem fazer os consertos em suas próprias dependências — em vez do procedimento usual de enviar os computadores para um centro de reparo da Maçã — e os Macs devem ser devolvidos aos seus donos em no máximo um dia.

Para possibilitar o reparo dos Macs nas lojas, a Apple enviou, junto ao comunicado, uma série de peças e equipamentos adicionais que os técnicos usarão nos consertos. Com isso, consumidores afetados não mais precisarão esperar entre três e cinco dias úteis para que seus preciosos computadores sejam devolvidos.

É bom notar que, apesar da nova política, os teclados com mecanismo borboleta de terceira geração (presentes nos novos MacBooks Air e MacBooks Pro lançados em 2018) continuam fora da cobertura do programa de reparos para modelos anteriores. Ou seja, donos das máquinas mais recentes poderão fazer o conserto dos teclados gratuitamente apenas se estiverem dentro do período de garantia (ou do AppleCare+); caso contrário, o reparo será cobrado.

Isso, claro, até segunda ordem: caso a Apple chegue à conclusão de que, mesmo a geração mais recente do teclado tem um problema de projeto, o programa de reparos também deverá ser estendido para as máquinas mais novas. Ao menos é o que esperamos, certo?

Posts relacionados

Comentários