Samsung “pede” e iFixit tira do ar desmontagem do Galaxy Fold

Nós estamos acompanhando de perto a saga do Galaxy Fold. E se você não está por dentro de tudo, vamos recapitular.

Samsung Galaxy Fold

O primeiro telefone dobrável da Samsung foi apresentado no fim de fevereiro e chegaria ao mercado hoje, 26 de abril.

Como tradicionalmente acontece, sempre antes de um lançamento importante, algumas unidades do aparelho são enviadas para jornalistas a fim de que tudo seja devidamente testado e avaliado por pessoas especializadas.

Bem, diversos exemplares do produto apresentaram problemas e a Samsung achou por bem adiar indefinidamente o lançamento do Galaxy Fold. Paralelamente, a iFixit (firma de reparo conhecida por desmontar aparelhos e avaliá-los nos mínimos detalhes) fez o seu teardown do Galaxy Fold e deu o seu parecer sobre o que pode estar causando toda essa dor de cabeça para a Samsung.

A sul-coreana parece não ter gostado. Num artigo em seu blog, a iFixit informou que tirou o teardown do Galaxy Fold do ar. Eis a explicação da empresa:

Após dois dias de intenso interesse público, a iFixit tirou do ar a desmontagem do Galaxy Fold da Samsung. Essa análise corroborou nossas suspeitas de que o dispositivo fornece proteção insuficiente contra detritos que danificam a tela.

Recebemos a nossa unidade do Galaxy Fold de um parceiro confiável. A Samsung solicitou, através desse parceiro, que a iFixit retire o teardown [do ar]. Não temos obrigação, legal ou não, de remover nossa análise. Mas por respeito a esse parceiro, a quem consideramos um aliado para tornar os dispositivos mais reparáveis, estamos optando por retirar nossa história até que possamos comprar um Galaxy Fold no mercado.

Nossa equipe agradece a chance de olhar as entranhas desse dispositivo ambicioso. Todos os novos produtos enfrentam desafios — esse, talvez, mais do que a maioria. Estamos felizes por ter compartilhado um vislumbre de como os engenheiros da Samsung abordaram alguns desses desafios e esperamos compartilhar mais o quanto antes.

Por que a Samsung fez isso? Dificilmente saberemos — o The Verge fez essa pergunta a um representante da empresa, mas até agora não recebeu resposta. Todavia, não é muito difícil especular e chegar a duas possíveis conclusões.

No melhor dos mundos, a Samsung sabe que errou e deve estar trabalhando em um novo design interno do Galaxy Fold para corrigir o problema. Desta forma, faz sentido ela querer tirar o teardown de um produto falho e que não será colocado no mercado — ainda que eu não concorde com a forma que ela fez isso, já que poderia muito bem ter explicado a situação para a iFixit.

No pior cenário, a sul-coreana apenas não gostou da repercussão negativa e tomou as medidas cabíveis/possíveis (contratualmente falando) para que o tal parceiro pressionasse a iFixit e retirasse a matéria do ar.

Por enquanto, ficam as dúvidas — inclusive referente à nova data de lançamento, já que até agora a Samsung não se manifestou sobre quando o Galaxy Fold chegará ao mercado.

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

15 comments

  1. A verdade é que enquanto a Apple não fizer seu dobrável (sem piadas com o iPad Pro), ninguém vai saber fazer. É sempre assim, a Apple pega uma tecnologia que existe mas não funciona e mostra como fazer direito.

  2. A verdade é que eles se doeram, pq expuseram o quão frágil e cru é o projeto da Samsung.
    Ela poderia ter aprendido com o erro, mas optou por, basicamente, censurar eles, sob a alegação de “pressionar o parceiro”.

  3. Dando uma de advogado do diabo, a Samsung certamente impôs restrições ao distribuir as unidades de review.
    Ao repassar a unidade para a iFixit quem recebeu certamente estava sujeito a ter problemas.
    A iFixit tirou para proteger o parceiro de problemas com a Samsung.

  4. Acredito no futuro dos dobráveis. Acho que, será sim viável e vai ganhar o gosto da massa. Mas é obviamente um “protótipo comercial” igual era o Óculus VR nos primeiros anos e o google glass.
    Ou seja, quem já apostou 2 mil dólares pra chamar atenção na rua, si FOLDeu… Mas tenho pra mim que quem gasta 2k de dólares num tablet dobrável mal acabado, não tá muito preocupado com o dinheiro mas sim com os “likes” que vai receber quando sacar ele do bolso no elevador na frente dos outros.

  5. Falando francamente o produto é uma b**! E ninguém está tendo a coragem de dizer isso. Acho ridículo especialistas em tecnologia em cima do muro só porque querem pagar uma de imparcial. Eu vi análise do Fold da iFixit e eles são bem claro que a tela é problemática com ou sem película. Aliás segundo a iFixit a película é uma solução paliativo para problemas com a tela. Ou seja, não importa o que a Samsung faça para com a tela, os LEDs irão dar problema com o passar do tempo no processo de dobrar. A Samsung mandou retirar teardown só porque querem tampar o sol com a peneira. E medo dos que realizaram a pré-venda vejam as fatos do Fold desmontado e cheguem na mesma conclusão da iFixit. E cancelem a sua pré-venda.
    E digo mais. O Mate X e o Mi também apresentaram problemas.

  6. Enquanto isso os displays transparente e que se enrola da LG estão 100%! Eu fui convidado este mês para um evento em São Paulo. E tive o privilégio de ver de perto esses novos displays da LG. Tecnologia que gera Imagens em qualquer vidro transparente. E telas que se enrola que nem folha de papel. E posso adiantar que são tecnologias incríveis. E deixam as telas dobráveis da Samsung no chinelo!

  7. Mesmo com todos os percalços, estou muito entusiasmado com a tecnologia. Se a Apple lançasse um iPhone Fold, mesmo com esses review negativos, eu estaria na fila na data do lançamento! É o futuro dos smartphones, isso é inegável.

Deixe uma resposta