Apple Card começa a ser distribuído para funcionários de programa beta

Após o anúncio do Apple Card, cartão de crédito da Apple em parceria com o banco Goldman Sachs, soubemos que os primeiros a experimentarem o serviços seriam os próprios funcionários da Maçã, por meio de um programa de testes exclusivo. Aparentemente, os primeiros cartões já começaram a ser distribuídos ao longo do fim de semana, como descobriu Ben Geskin.

O designer — que tem um histórico de vazamentos da Apple positivo — publicou, no último sábado, que uma leva de funcionários da Maçã estariam recebendo seus cartões como parte de um programa semi-privado. Geskin também postou imagens da suposta versão inicial do cartão, modificando-a com seu nome por propósitos óbvios de privacidade.

O Apple Card é entregue dentro de uma embalagem slim com cores vibrantes que inclui uma tag NFC1 oculta para ativá-lo rapidamente pelo iPhone (vale notar, contudo, que o cartão em si não possui o mesmo chip — ou seja, ele não possui a tecnologia para pagamentos contactless; isso é com o iPhone).

Nesse sentido, basta o usuário abrir o app Wallet no iPhone e aproximá-lo do cartão (assim como os AirPods e o Apple Watch) para que os dados sejam sincronizados; isso associará o cartão de crédito digital já configurado com o cartão físico.

Como informamos, o cartão físico é feito de titânio e a Apple grava apenas seu logo e o nome do cliente no metal; ou seja, o cartão não apresenta nenhuma outra característica de identificação impressa, como data de validade e código CVV2 — todas essas informações estão no app Wallet. No verso, são exibidos os logos da Mastercard (bandeira oficial do Apple Card) e do Goldman Sachs.

O Apple Card deverá ser lançado oficialmente para consumidores americanos no fim de junho próximo, inicialmente. Ainda não há previsão para a expansão da novidade, mas segundo o chefe do Goldman Sachs Internacional, Richard Gnodde, a Europa será o próximo alvo do serviço.

via 9to5Mac

Posts relacionados

Comentários